Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Primeira-dama do DF participará de encontro sobre aleitamento materno

Mayara Noronha também deve ser anfitriã de uma reunião de primeiras-damas em favor de políticas públicas sobre o tema

Avatar

Publicado

em

Entre 28 à 30 de agosto em Brasília, Mayara Noronha, primeira-dama do Distrito Federal, participará da abertura do I Workshop Brics em Banco de Leite Humano (I Brics Workshop on Human Milk Bank, no título em inglês). Mayara foi convidada para inauguração, em seguida à sessão solene, da Sala de Apoio à Mulher Trabalhadora que Amamenta, na sede da Fiocruz em Brasília.

O convite foi feito nesta terça-feira (30), pelo coordenador da Rede Global de Banco de Leite Humano da Fiocruz, João Aprígio, em reunião no Palácio do Buriti. Participaram do encontro o Secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto, colaboradores do gabinete da primeira-dama e servidores engajados em ações de políticas de aleitamento materno da Secretaria de Saúde do DF.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

“A amamentação é um tema muito importante e necessário para as nossas crianças e mães do Distrito Federal”, ressalta a primeira dama, que participará de uma transmissão ao vivo, nesta quinta-feira (1°), nos canais do GDF no Facebook, Twitter e Instagram. A entrevista vai ao ar a partir das 14h.

A expectativa é de que Mayara Noronha também seja anfitriã de uma reunião de primeiras-damas em favor do aleitamento materno. O encontro deve ser realizado em maio de 2020, em local ainda não definido.

Ações integradas

O workshop é promovido pelo Grupo Econômico Brics, que reúne representantes de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul, as chamadas potências emergentes.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A intenção é fortalecer os canais de comunicação entre as instituições do grupo responsáveis pelas ações de aleitamento e de banco de leite humano, além de aprimorar o debate sobre políticas nacionais relacionadas ao alimento.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Com informações da Agência Brasília. 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *