Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

GDF distribui quase 2 mil cadeiras de rodas

Do total entregue este ano, a maioria (967) é de cadeiras de rodas para banho, utilizadas nas atividades de higiene corporal dos pacientes

Publicado

em


A Secretaria de Saúde do Distrito Federal entregou, em 180 dias de gestão, 1.957 cadeiras de rodas ambulatoriais, de vários modelos, para pacientes atendidos em domicílio, cadastrados e avaliados pelo Núcleo Ambulatorial de Órteses e Próteses (Nupop). A aquisição foi feita por meio de pregão, na modalidade de registro de preços, no valor total de R$ 1.709.571,00.

Trata-se da maior entrega de cadeiras de rodas feita pela pasta em um único semestre, desde 2014 – ano que fechou com 3.765 entregas. Além disso, a título de comparação, a quantidade de 2019 é superior ao mesmo período em 2018, quando foram entregues 1.246 desses equipamentos.

“Dessa forma, conseguimos atender à população nas suas necessidades. E eram pessoas que aguardavam há muito tempo. Até o final do ano, acredito que iremos bater o recorde de entregas de cadeiras de rodas ambulatoriais para pacientes”, prevê a diretora de Programação de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde, Evelyn Heinzen.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Higiene pessoal

Do total entregue este ano, a maioria (967) é de cadeiras de rodas para banho, utilizadas nas atividades de higiene corporal dos pacientes. Também estão na lista 354 equipamentos para paraplégicos, 319 para tetraplégicos, 192 monoblocos (convencionais) e 125 motorizadas.

Segundo a chefe do Núcleo de Produção de Órteses e Próteses da Secretaria de Saúde, Maria Fernanda Baciuk, a expectativa é de que mais 759 cadeiras de rodas, de vários modelos, sejam entregues aos pacientes da rede pública nas próximas semanas. “Já iniciamos novos processos de aquisição”, afirma.

A aquisição das cadeiras é feita pela Secretaria de Saúde por meio de pregão, na modalidade de registro de preços. As empresas interessadas em vender esses e outros equipamentos para a pasta devem fazê-lo por meio de pregão. 

As propostas precisam ser cadastradas no site www.comprasnet.gov.br. É escolhida pela pasta a proposta de menor valor.

Com informações da Agência Brasília

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta