Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Consulta online aborda gestão democrática na rede de ensino público

O objetivo é obter informações, opiniões e críticas da comunidade escolar e demais interessados a respeito de temas específicos

Publicado

em

Como forma de reforçar a participação democrática e o protagonismo estudantil, a Secretaria de Educação do DF promove, a partir desta segunda-feira (8), consulta pública sobre a Lei de Gestão Democrática das escolas públicas do DF.

O objetivo é obter informações, opiniões e críticas da comunidade escolar e demais interessados a respeito de temas específicos e importantes para o desenvolvimento das ações pedagógicas e das políticas públicas nas escolas da rede.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Entre as propostas de mudança estão a implementação de avaliações e cursos de formação para diretores das escolas públicas.

“O intuito é garantir gestores de excelência em nossas unidades, de forma transparente. Não é para desqualificar ninguém, mas assegurar que teremos profissionais preparados para oferecer educação de qualidade”, afirma o secretário de Educação, Rafael Parente.

A consulta também prevê outros pontos, como a quantidade de reeleições para o mandato de direção, possibilidade de troca de gestão e o papel de associações e de grêmios estudantis na gestão democrática das escolas.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  GDF anuncia fechamento do hospital de campanha do Autódromo

A Rede Distrital de Educação do DF conta com 680 unidades públicas, atendendo cerca de 460 mil estudantes. Atualmente, podem se candidatar servidores das carreiras de assistência e magistério, sendo que a escolha dos diretores é realizada por meio de eleições em que servidores da educação, pais e estudantes com mais de 13 anos podem votar. O mandato dura três anos, com possibilidade de reeleição por igual período.

Com informações da Agência Brasília

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta