Em meio a impasse sobre Brexit, May apela para oposição

LONDRES– A primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, cogitou nesta terça-feira (2) a hipótese de um “acordo compartilhado” sobre o Brexit com o líder da oposição, o trabalhista Jeremy Corbyn

A saída do país da União Europeia está marcada para ocorrer em 12 de abril, e o Parlamento já rejeitou o acordo apresentado por May em três votações e também rechaçou todas as alternativas ao tratado.

Em um discurso à nação, a premier disse que quer se sentar com Corbyn para encontrar um ponto em comum e evitar um Brexit sem acordo. “Esse é um momento decisivo”, afirmou May. Se a Câmara dos Comuns aprovar o tratado até 12 de abril, o Brexit será adiado para 22 de maio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Para isso, no entanto, o Parlamento já mostrou que o texto terá de ser alterado, opção rechaçada pela UE. “Nunca quisemos o cenário sem acordo, mas a União Europeia já está pronta. Fica mais claro a cada dia”, disse o negociador-chefe do bloco, Michel Barnier.

O principal entrave continua sendo o “backstop”, mecanismo que prevê a manutenção de fronteiras abertas entre a Irlanda do Norte, território britânico, e a República da Irlanda, Estado-membro da UE, caso Londres e Bruxelas fracassem em futuras negociações comerciais. (ANSA)

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove − 6 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend