Governador de Brasília impetrará ação contra presídio no Distrito Federal

Buriti pede agilidade a Distritais. Foto: Renato Alves/GDF

O governador do Distrito Federal (DF), Ibaneis Rocha, entrará hoje (26) com uma ação judicial pedindo o fechamento do presídio federal em Brasília

Segundo ele, relatórios de inteligência apontam a presença de integrantes do Primeiro Comando da Capital (PCC) na cidade. Alguns deles, inclusive, já foram presos.

“Insisto que é uma medida jabuticaba. Não existe um presídio federal a 6 km de um palácio presidencial em lugar nenhum do mundo. Não é o que está preso, que estão controlados. O problema é os que estão´soltos, que vêm aí”.

Segundo o governador, na semana passada 8 membros do PCC foram presos no DF. “Quero saber quem vai dar segurança ao próprio ministro Moro [da Justiça]. Daqui a pouco teremos meus filhos estudando com os filhos desses presos, porque eles têm dinheiro”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O governador disse ter encaminhado hoje um ofício ao ministro da Justiça e ao presidente Jair Bolsonaro, mostrando todos os relatórios de inteligência do DF, segundo os quais dos líderes do Primeiro Comando da Capital (PCC) já estariam aqui na região. “Espero contar com a sensibilidade dos dois, e que o presídio seja desativado. Hoje pretendo entrar com ação judicial com base na Lei de Segurança Nacional para arrancar uma decisão judicial junto ao poder judicial, afastando essa jabuticaba”.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

14 + treze =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend