Em Brasília, morador de rua é preso por abusar de cadela no Paranoá

Um morador de rua foi preso suspeito de abusar sexualmente de uma cadela no Paranoá. O crime ocorreu no final da tarde desta segunda-feira (25), próximo à rodoviária da cidade satélite

Segundo a Polícia Civil, populares que passavam pelo local ouviram o animal gritar e, ao ver uma viatura da Polícia Militar do DF (PMDF) pediram ajuda.

Quando os militares chegaram ao local indicado flagraram a ação do homem. Josélio Pereira dos Santos, 47 anos, responderá por maus-tratos. Ele pode pegar pena de 3 meses a 1 ano de detenção.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


De acordo com a delegada-chefe da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá), Jane Klébia, o homem tem diversas passagens pela polícia.

“Ele tem registro por homicídio, violência domestica, lesão corporal, ameaça, furto, entre outras. Agora, soma mais essa para a sua ficha”, afirma.

A delegada ainda ressaltou que, apesar de bastante tempo na Corporação, foi a primeira vez que se deparou com situação semelhante.

“Tenho mais de e 20 anos de polícia, mas ainda me choco com essa “bizarrice”. É complicado”, afirmou Jane.

Cadela sob cuidados

A cadela, ainda filhote, ficou bastante machucada. De acordo com a delegada Jane Klébia, ela sangrava muito por conta das lesões.

“Uma ONG aqui da nossa cidade, resgatou o animal. Eles assinaram um termo e prometeram atender e cuidar da cadela”, pontuou.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dois + 16 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend