Em 4 dias de festa, 39 ônibus e 30 vagões do Metrô foram vandalizados no DF

Durante o Carnaval no Distrito Federal, 39 ônibus foram vandalizados até a noite de terça-feira (5), em diferentes regiões administrativas

Segundo a Secretaria de Mobilidade do DF, entre os coletivos depredados, com janelas arrancadas, bancos rasgados e objetos de segurança removidos, estão 14 da Urbi, 10 da Piracicabana, 10 da Pioneira – sendo cinco BRT (Bus Rapid Transit) -, quatro da Marechal e uma da São José. Também foram vandalizados 30 vagões do Metrô.

Em uma série de vídeos que estão sendo divulgados em redes sociais, feitos tanto por câmeras de segurança dos veículos, quanto por passageiros, é possível visualizar pessoas fantasiadas depredando coletivos. Em um caso, um grupo aparece em janelas quebradas de um ônibus da empresa Urbi, que seguia para o Riacho Fundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


As imagens feitas na EPNB mostram que, além dos foliões que se equilibravam em cima do veículo em movimento, havia outros que viajavam com o corpo praticamente para fora da janela que foi arrancada pelos mesmos.

Apenas entre domingo (3) e segunda (4), a Polícia Civil registrou quatro boletins de ocorrência de dano a bem público relacionados aos coletivos do DF. Em uma das ocorrências, um cobrador informou aos policiais que, em um trajeto ao Riacho Fundo II, passageiros passaram a chutar o interior do veículo, quebrando o vidro de uma janela e ainda tentaram agredi-lo fisicamente. Ele, porém, conseguiu pular a roleta, desceu em uma parada e saiu correndo.

O Carnaval de Brasília reuniu cerca de 117 mil pessoas nesta terça-feira, segundo balanço da Secretaria se Segurança Pública do DF. No ano passado, 58 ônibus foram alvo de vandalismo nesta época do ano, gerando um prejuízo de R$ 100 mil às empresas.

Acidente fere três em Ceilândia

Um carro colidiu com um poste na Avenida Principal do Setor O, Ceilândia Norte, deixando três pessoas feridas nessa terça-feira (5). O acidente ocorreu por volta das 08h40, quando Robson de Paiva Silva, 34 anos, perdeu o controle do veículo e colidiu com poste de iluminação pública.
Dentro do seu Chevette ainda estavam dois passageiros: Raimundo Antônio, 42 anos, e Rogério Rodrigues de 30 anos. Eles foram socorridos pelo Corpo de Bombeiros e levados ao hospital.

Para retirar o condutor do veículo, bombeiros tiveram que retirar a porta do carro. O homem recebeu os primeiros socorros no local e foi transportado para o Hospital Regional de Ceilândia (HRC) se queixando de dores no tórax, consciente, orientado e estável.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Múltiplas fraturas

Raimundo Antônio foi antedido e transportado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com lesões nos braços, traumatismo cranioencefálico leve e escoriações no queixo. Enquanto Rogério foi atendido e transportado pelo CBMDF para o HRC com fraturas na perna e no braço esquerdo.

O Corpo de Bombeiros Militar do DF atendeu a esta ocorrência com cinco viaturas e vinte militares. O local ficou aos cuidados da Polícia Militar DF e do Detran. A CEB também foi acionada para verificar possíveis danos ao fornecimento de energia local.

Ana Karolline Rodrigues – Leia mais no Jornal de Brasília – 

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

um × quatro =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend