Concurso Adasa DF 2019 deve ter banca nos próximos dias

O concurso vem sendo aguardado desde 20 de dezembro de 2013, quando o então governador Agnelo Queiroz, sancionou a Lei 5.427, que cria 143 vagas para preenchimento por meio de concurso público

A Adasa (Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal) deve confirmar, nos próximos dias, o nome da banca organizadora do seu novo concurso público. Acontece que a Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do Distrito Federal, em documento publicado em 13 de setembro de 2018, determinou um prazo de seis meses para liberação do documento, ou seja, até 13 de março.

Porém, a proposta orçamentária contempla somente 25 oportunidades, para quem possui ensino médio e 118 para nível superior. Os salários iniciais são de R$ 3.650 para quem possui ensino médio e R$ 8.400 para nível superior, todos com jornada de trabalho de 40 horas semanais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


A comissão é presidida pelo servidor Denniz Monteiro de B. Queiroz do Valle e conta, ainda, com os seguintes membros: Ivan Pereira Prado, Augusta Gonçalves de Oliveira Dantas, Fusao Nishiyama e Gustavo Antonio Carneiro.

No caso de ensino médio, a seleção contará com 7 vagas criadas para o cargo de técnico de regulação de serviços públicos, enquanto para nível superior serão 18 para regulador de serviços públicos.

A oferta é bem menor que o número de vagas criado pela lei, que conta com 143 postos, sendo 25 para técnico, 110 para regulador e oito para advogados.

Para regulador é necessário possuir curso de nível superior em qualquer área ou áreas específicas indicadas no edital, com registro no respectivo conselho de classe, dependendo da área de formação. Para advogados é necessário possuir registro no conselho.

Além da remuneração inicial, no caso de regulador, os servidores contam com a gratificação pela execução de atividades de regulação de serviços públicos, que pode corresponder a um aumento de até 30% no salário, sendo até 20% em função de conceitos obtidos anualmente na avaliação individual de competências e desempenho ou competências e resultados; e até 15% em função do desempenho institucional anual, correspondente ao resultado obtido na consecução de metas institucionais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

ATRIBUIÇÕES

Entre as atribuições do regulador estão formular, coordenar, supervisionar, controlar, avaliar, executar, fiscalizar e exercer o controle sobre atividades de competência da agência, participar de programas de treinamento e assessorar atividades específicas de regulação, fiscalização e administração. Para os advogados , planejar, coordenar, controlar, avaliar e executar atividades referentes a estudos, pesquisas e orientações de atos relacionados às questões de recursos hídricos e prestação de serviços públicos regulados pela agência; representar a Adasa em ações ou feitos, realizar estudos e pesquisas jurídicas para subsidiar decisões da direção e prestar assessoria jurídica. Finalmente, ao técnico cabe executar atividades de suporte técnico na área de regulação de recursos hídricos e de serviços públicos regulados pela Adasa; participar de ações fiscalizadoras, executar atividades de suporte administrativo, participar de programas de treinamento e outras atividades determinadas em legislação específica.

CARREIRAS

Os cargos contam com plano de carreiras, composto de quadro classes e cinco padrões cada. A mudança de um padrão para o seguinte, na mesma classe, chamada de progressão, ocorre automaticamente a cada ano. Já a promoção,que corresponde à mudança do último padrão de uma classe para o primeiro da classe seguinte, ocorrerá mediante avaliação de desempenho, desde que o servidor esteja há, no mínimo, um ano no último padrão da respectiva classe. Para os veteranos, no topo da carreira, a remuneração chega a R$ 6.504,32 para os técnicos e R$ 14.952,47 para advogados e reguladores.

PROVAS

O processo de seleção para advogados e reguladores será composto de provas objetivas de conhecimentos básicos e específicos, prova discursiva, avaliação de títulos e curso de formação. Durante o curso, os candidatos receberão 50% do valor do salário inicial.

 

Com informações do JC

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend