Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

PCDF em ação: tráfico na Capital da República sofre duro golpe nesta quinta

Publicado

em

Após tomar conhecimento que a distribuição de crack e cocaína na região do Gama era realizada por um traficante conhecido como Pokan, a PCDF, por intermédio da 20ª DP instaurou a operação CÍTRUS.

Após três meses monitorando de perto os passos do traficante, a equipe da 20ª DP descobriu o laboratório onde eram preparados os entorpecentes (cocaína e crack).

Na última quarta-feira, 21, quando Pokan foi abordado quando fazia a primeira entrega do dia. Ele tentou se livrar dos entorpecentes, jogando parte da cocaína no assoalho do carro, todavia, como já tinha sido filmado, teve seu laboratório desmantelado.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O laboratório estava aos cuidados de um adolescente de 17 anos que foi apreendido. No local foram encontrados: dois quilos de cocaína, dois quilos de crack, cinco quilos de pasta base, um carregador de .40, uma prensa, seis cartelas de rouphynol, quatro porções de maconha, balanças, aquecedores, munições de .40 e 9mm, prensa, cocaína e crack em processo de secagem, um veículo roubado, R$ 1240, em dinheiro, e contabilidade do tráfico.

Leia também:  Museu de Arte de Brasília exibe arte urbana do Irã

Drogas

Tmbém nesta quinta feira (23) a PCDF  por meio da Coordenação de Repressão às Drogas (CORD), prendeu, C.H.S.R., vulgo Carlinhos, 28 anos, acusado de crime de tráfico de drogas. A ação ocorreu na residência do envolvido, localizada em um condomínio na região do Grande Colorado.

De acordo com o delegado e coordenador da Cord, Luiz Henrique Dourado, a ação foi deflagrada após duas semanas de investigação, a partir de uma denúncia registrada a Divisão de Controle de Denúncias da PCDF (197).

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Carlinhos é apontado como um fornecedor de drogas “gourmet”, pois são mais caras, como o haxixe marroquino, o óleo de maconha e o MDMA cristal, cujo o grama chega a custar mais de 120 reais”, conta o delegado.

Durante as investigações, os agentes verificaram que Carlinhos fa-zia a entrega de drogas a “traficantes varejistas”, também moradores da região do Colorado.

Leia também:  Aprovada regularização dos condomínios Halley e São Jorge

Na tarde de ontem, ´durante monitoramento no local, os policiais conseguiram realizar a prisão do autor, logo após ele realizar uma venda de haxi-xe e MDMA Cristal.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *