Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Ibaneis pretende lançar 12 mil moradias em 2019

Publicado

em

O governador eleito Ibaneis Rocha (MDB) fechou um contrato para a construção de 12 mil moradias populares com a Caixa Econômica Federal (CEF).

As obras serão realizadas pela JC Gontijo dentro do projeto do Itapoã Parque. A previsão é de início das obras no primeiro semestre de 2019, com conclusão dentro um prazo de dois anos. O emedebista também começou a minerar um empréstimo de R$ 43 milhões.

“Nós estamos buscando mais 28 mil moradias para o DF, que os projetos estão em andamento na Caixa”, acrescentou Ibaneis. Por outro lado, ele buscará junto ao atual governo Rollemberg (PSB) a conclusão de outro contrato de R$ 450 milhões para obras com a Caixa.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Ele precisa ser assinado até 14 de dezembro, senão o DF perde esses recursos”, alertou o emedebista. “Nós temos várias obras de saneamento que precisam ser assinadas”, alertou.

A longo prazo, Ibaneis negocia também com a CEF um grande financiamento para o DF, no patamar de R$ 3,5 bilhões. Neste caso, o dinheiro é para outras obras. Aproveitando o momento, Ibaneis começou a negociação com a Caixa para a captação de recursos para a reabertura do Teatro Nacional, dentro da Lei Rouanet. “Eles já têm um estudo. E existe uma possibilidade de a gente ter no próximo ano R$ 43 milhões”, afirmou. A princípio, o próximo governador espera começar as obras ainda em 2019.

Leia também:  Com vendas em alta, concessionárias elogiam atuação do GDF

Centrad

A ponte de negociação com a Caixa foi reaberta por Ibaneis com a as negociações para destravar o imbróglio do novo Centro
Administrativo (Centrad), situado entre Taguatinga e Ceilândia. A questão ainda está em análise, mas a intenção de Ibaneis é comprar o imóvel sem o pacote de serviços previstos inicialmente no projeto de Parceria Público-Privada (PPP) do Centrad.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Nós estamos trabalhando exatamente na proposta da compra”, declarou Ibaneis. Segundo o próximo governador, o pacote de serviços encarece muito o valor do projeto para os cofres públicos.

Francisco Dutra
Jornal de Brasília

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *