Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Ibram multa em R$ 96 mil empresa dona de carreta que tombou em Águas Claras

Publicado

em

Todo o serviço de limpeza e a descontaminação será pago por ela.

A empresa dona do caminhão-pipa que tombou em Águas Claras foi multada em R$ 96 mil pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram) após o combustível da carreta vazar e atingir, inclusive, um córrego da região.

O processo para retirar o veículo do local levou mais de 12 horas. Ainda assim, as consequências ambientais se mantêm. Uma lona foi colocada no canteiro central para conter o combustível derramado. A terra do canteiro, atingida por diesel e gasolina, vai precisar ser retirada.

As galerias de água da chuva precisarão passar por limpeza e as barreiras, instaladas no córrego para absorver o combustível, deverão ser trocadas.

“A gente está finalizando a parte da limpeza, que é exatamente a remoção desses resíduos que estão mais superficiais. Depois a gente começa no trabalho de descontaminação”, explicou a superintendente de Biodiversidade do Ibram, Alessandra do Valle.

A ideia é fazer análises do solo e da água para traçar um plano de descontaminação a fim de retornar à qualidade ambiental de antes do acidente.

Acidente

A carreta tombou no fim da manhã de segunda-feira (8), logo após o viaduto Israel Pinheiro, no acesso a Águas Claras. O caminhão levava 20 mil litros de gasolina e 10 mil de óleo diesel. Cerca de 6 mil litros derramaram na pista e no gramado. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) diz que ainda investiga as causas do acidente.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *