Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Suspeito de matar ambulantes na rodoviária foge com a mulher e filhos

Publicado

em

Está foragido o casal identificado pela Polícia Civil como suspeito de cometer a dupla execução em plena luz do dia na Rodoviária do Entorno, ao lado do antigo Touring.

Responsável por desferir os três tiros, Henrique Monteiro Gonçalves, 33 anos, tinha mandado de prisão em aberto por roubo com arma cometido em 2017. A esposa, Geovana Gomes dos Santos, 32, seria pivô da confusão. Ela escondeu a arma, ajudou na fuga e desapareceu com os filhos. Os dois são caçados por corporações da capital e de Goiás.

Delegado-chefe da 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), Rogério Oliveira diz que não há dúvidas da participação do casal no crime motivado por disputa por ponto de venda de ambulantes, uma briga antiga dos envolvidos. Para a polícia, o crime foi premeditado. Uma semana antes, naquele mesmo horário, parte dos envolvidos foi autuada por lesão corporal e ameaça, mas assinou termo e foi liberada em seguida.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Geovana tem três passagens por lesão corporal, em 2014, 2016, 2018. Segundo o delegado, ela sempre aparece como autora de briga e confusão, justamente relacionada à questão do ponto de vendas. Na semana passada, ela teria começado uma briga com uma das vítimas, Maria Célia Rodrigues dos Santos, 38 anos. A confusão desencadeou reação do marido dela, Henrique, que no mesmo dia teria ameaçado Welington Rodrigues Santos Silva, 22.

Por volta das 15h de quarta-feira (4), Henrique foi à rodoviária armado. “Ele era conhecido por andar com faca, mas dizia que tinha arma de fogo em casa. Acreditamos que foi premeditado por ele ir ao local com a pistola. Ele chegou, encontrou-se com Maria Célia, que não deu atenção e deu alguns passos para trás, mas foi atingida pelo tiro”, disse o delegado Rogério de Oliveira. Ao todo, foram três disparos, um em cada vítima. Mãe e filho morreram na hora. A terceira atingida, Kerolyn Ketlen Moreira, 19, está internada.

Câmeras de segurança da região da rodoviária serão analisadas, mas nem toda a área é coberta pelo monitoramento. Ontem, duas pessoas chegaram a ser presas em flagrante por esconderem as chaves do veículo do casal, por terem dificultado as investigações. A polícia continua a busca pelos suspeitos e pede que informações sobre o paradeiro sejam denunciadas pelo 197.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *