Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

‘Operação GQ 6’ apreende 10kg de drogas avaliadas em R$ 20 mil

Publicado

em

Trabalho de investigação da Polícia Civil do Distrito Federal durou seis meses. Três homens foram presos e um adolescente apreendido. A ação ocorreu no Varjão

A Polícia Civil do DF deflagrou, na manhã desta quinta-feira (5), a operação ‘GQ 06’, que resultou na apreensão de 10 quilos de drogas avaliadas em R$ 20 mil, aproximadamente. Além disso, três homem foram presos e um menor, de 16 anos, apreendido. A ação ocorreu na Quadra 6 do Varjão.

Após seis meses de investigação, o trabalho envolveu diversas campanas. Por meio de câmeras de segurança da região, foi possível observar como funcionava o tráfico de drogas, segundo a delegada-chefe da 9° Delegacia de Polícia, Mônica Ferreira.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“O tráfico funcionava em torno de um bar de fachada, que era conhecido como ‘Bar do Chico’. Os envolvidos se associavam e ficavam nesse bar onde, a cada hora, chegava um usuário diferente e procurava por eles. Em seguida, eles buscavam a droga que já haviam escondido em algum lugar”, explica Mônica.

Leia também:  FAP-DF abre dois novos programas de bolsas

Com base nas investigações, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e três de prisão preventiva. Entre os envolvidos estão Ícaro do Nascimento Guimarães, de 20 anos; e Cleiton Ribeiro Gama, 20, detido em flagrante por tráfico de drogas e outros crimes. Edilmar Pereira de Souza, 20, foi preso por receptação.

“A maior parte da droga foi encontrada com o menor, mas sabemos que todos eles têm envolvimento no crime”, diz Mônica. Os acusados, além do tráfico, praticavam outros crimes no Varjão e imediações. “Para poder comprar drogas, tem que ter dinheiro. Então, eles praticavam roubos e furtos utilizando uma faca. O celular, por exemplo, servia como produto de troca em maconha, crack e cocaína”, explica a delegada.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A gangue GQ 06

GQ 06, como foi batizada a operação, é o nome de uma gangue bastante conhecida na região e que incomodava os moradores das proximidades. O bando, que dominava o tráfico da área, é formado por jovens e adolescentes. Segundo a delegada, os suspeitos têm até página nas redes sociais.

Leia também:  Sejus promove atividades educativas com adolescentes no DF

Para o ‘Bar do Chico’, já existe um mandado de busca e apreensão, que aguarda deferimento do juiz. “Como não temos provas concretas do envolvimento de ‘Chico’ com esse comércio de entorpecentes, precisamos realizar uma prisão em flagrante, ou seja, caso ele seja também um traficante, temos que prendê-lo no momento do crime”, afirma Mônica Ferreira.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Divulgação/PCDF

Passagens

Todos os envolvidos possuem diversas passagens por tráfico de drogas, roubo, receptação e até mesmo latrocínio. Ícaro do Nascimento Guimarães, Cleiton Ribeiro Gama e Edilmar Pereira de Souza foram encaminhados para a 9ª Delegacia de Polícia, Lago Norte, e recolhidos à carceragem. Já o menor foi levado para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA II) para as demais providências.

Tainá Morais
Jornal de Brasília

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  ‘DF Sem Miséria’ libera o benefício para 73.617 famílias

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *