Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Aos prantos, esposa de ambulante morto chega ao local do crime

Publicado

em

ambulante

Aos prantos, a esposa de Welington Rodrigues Santos da Silva, morto a tiros nesta quarta-feira (4), na Rodoviária do Entorno, chegou ao local do crime

Grávida, ela disse que trabalha como ao ambulante ao lado do marido, mas que, justamente hoje, não o acompanhou. A Polícia Militar acredita que o crime tenha sido motivado por acerto de contas entre ambulantes que trabalham na região.

Durante a ação, a mãe de Welington, Maria Célia Rodrigues do Santos, também morreu e a irmã dele, Kerolym Ketlim Moreira Rodrigues, foi encaminhada ao Hospital de Base após ser baleada no abdome.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Mãe e filho morrem baleados em terminal rodoviário no centro de Brasília; filha fica ferida

Leia mais: Mãe e filho morrem baleados em terminal rodoviário no centro de Brasília; filha fica ferida

Leia também:  Veja as regras para realização de shows e festas, liberados hoje no DF

Um ambulante que conhecia os envolvidos, e preferiu não ser identificado, disse que as vítimas eram trabalhadoras e estavam há bastante tempo na rodoviária. Ainda segundo ele, a esposa de Welington, Maria Célia Rodrigues dos Santos, também é ambulante, mas não foi trabalhar nesta quarta-feira (4).

Todos os envolvidos, segundo a Polícia Militar, moram em Planaltina de Goiás. A corporação está à procura dos suspeitos, que teriam fugido a pé.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *