Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Álcool x direção: Polícia Militar autuou mais de 2 mil condutores no período de Copa no DF

Publicado

em

Em um dos flagrantes, um motorista de 34 anos foi notificado duas vezes, em menos de 4 horas,  enquanto trafegava pela DF-001.

O balanço prévio da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), divulgado neste domingo (15) revelou que mais de 2 mil motoristas foram flagrados dirigindo sob influência de álcool nos 30 dias em que ocorreu a Copa do Mundo.

Durante o período do Mundial,  o Comando de Policiamento de Trânsito intensificou a fiscalização em diversas vias do DF, principalmente nos dias de jogos do Brasil, eliminado nas quartas de final pela Seleção da Bélgica. A maioria dos flagrantes ocorreram na DF-001, Br-060, Águas Claras, Setor de Clubes Sul e Sudoeste. Também nos postos de Policiamento Rodoviário da PM, localizados em Planaltina, Lago Sul, Estrutural e Samambaia tiveram flagrantes

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Com vendas em alta, concessionárias elogiam atuação do GDF

Segundo a corporação diversas estratégias foram traçadas e mais de 300 operações foram realizadas com o objetivo de reduzir o número de mortes no trânsito. No comparativo com o mês de junho de 2017,  em que foram registradas 25 mortes ocasionadas por acidentes de trânsito, houve redução para 18.O Comandante do Comando de Policiamento de Trânsito da PMDF, Coronel Sousa Oliveira, destaca que mais importante que as fiscalizações é a percepção dos motoristas em não cometer a imprudência.

“As operações são fortes no DF, por isso vemos tantos resultados quando olhamos para os números. Porém, as brechas na Lei, a demora no processo  para as devidas punições e a falta de consciência dos condutores, contribuem para os altos índices de crimes de trânsito. O motorista que comete essa irresponsabilidade não olha pelo lado humano, do problema social, mas apenas pensa em resolver a situação. Se ele tiver dinheiro paga a multa e segue a vida. Não há sensibilidade com as inúmeras matérias de morte divulgadas pela imprensa”, afirmou.

A operação iniciada no dia 14 de junho será finalizada na noite deste domingo (15), mas a PMDF informa que, mesmo após o fim da disputa, a fiscalização continuará intensa no Distrito Federal.

Leia também:  Brasília é a terceira cidade na preferência dos brasileiros

Ana Lúcia Ferreira
Jornal Brasília

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *