Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Mais de 500 motoristas são autuados por embriaguez durante o fim de semana

Publicado

em

Detran e Polícia Militar fizeram operações entre sexta-feira e domingo. Sete condutores acabaram presos por dirigirem alcoolizados

Na semana em que a Lei Seca completou 10 anos, o Departamento de Trânsito (Detran-DF) e a Polícia Militar autuaram centenas de motoristas trafegando pelas vias de Brasília após ingerirem bebida alcoólica. Somente entre sexta-feira (22/6) e domingo (24/6), 512 condutores acabaram autuados pelas forças de segurança por dirigirem embriagados.

Os casos mais emblemáticos ocorreram na madrugada de domingo (24/6). Um homem foi abordado por dirigir sob efeito de álcool duas vezes em menos de cinco horas. Militares do comando de policiamento de trânsito se depararam com o motorista pela primeira vez por volta de 1h, quando ele passava pela DF-001. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, foi autuado e a habilitação recolhida. Após a chegada de um condutor habilitado, o veículo foi liberado.

Leia também:  ‘DF Sem Miséria’ libera o benefício para 73.617 famílias

Por volta das 4h30, durante operação na mesma rodovia, o homem foi visto dirigindo o veículo novamente. Os policiais o autuaram por dirigir sem habilitação, que havia sido recolhida na primeira abordagem, e embriaguez ao volante pela segunda vez.

Dos motoristas abordados com sinais de alcoolemia, sete acabaram presos em flagrante. Desde 2016, quem é pego dirigindo alcoolizado passou a pagar multa no valor de R$ 2.934,70, além de ter a carteira de habilitação suspensa pelo prazo de 12 meses. Ao assoprar o bafômetro, condutores com resultado a partir de  0,3 miligrama de álcool por litro de ar respondem criminalmente, e podem ser presos por até três anos em regime aberto ou semiaberto.

194 veículos removidos

Além das autuações por embriaguez ao volante, as ações do Detran e da PM terminaram com a remoção de 194 automóveis. Durante as fiscalizações, agentes e policiais ainda recolheram 419 documentos, entre carteiras de habilitação (CNH), permissões para dirigir e certificado de registro e licenciamento de veículo (CRLV)

Leia também:  FAP-DF abre dois novos programas de bolsas

As forças de segurança também autuaram 27 motoristas por transporte irregular e quatro por transporte pirata. 14 motoristas receberam multa por dirigir sem CNH e cinco por conduzir com a carteira suspensa.

Augusto Fernandes
Leia mais no Correio

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *