Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Preso grupo criminoso que traficava drogas em escolas de Ceilândia

Publicado

em

Traficantes aliciavam alunos, tornando-se padrinhos dos jovens. Os chamados ‘padrinhos da boca’ protegiam seus afilhados de qualquer problema escolar, segundo a polícia

A Polícia Civil do Distrito Federal busca, desde a madrugada desta quinta-feira (24), oito pessoas suspeitas de praticarem tráfico de drogas em 27 escolas públicas de Ceilândia. A organização criminosa é alvo Operação 2º Turno, desencadeada pela 23ª Delegacia de Polícia.

Além de oito mandados de prisão, a corporação cumpre 17 de busca e apreensão. Segundo a Polícia Civil, as investigações de cinco meses apontam aliciamento de alunos para que drogas fossem comercializadas dentro das instituições. Tudo ocorreria antes e depois do horário escolar.

De acordo com a PCDF, os chefes do tráfico aliciavam alunos para participarem do comércio ilegal e em troca se tornavam padrinhos, ajudando seus afilhados até mesmo dentro das escolas. Os intitulados “padrinhos da boca” protegiam seus afilhados de qualquer problema escolar. As drogas eram escondidas nas imediações das unidades. Existiam dois turnos para muitos alunos usuários de drogas. O primeiro era na sala de aula e o segundo na boca de fumo.

Leia também:  SLU abre licitação para construção de 11 novos papa-entulhos

Nas primeiras horas do dia, as viaturas tomaram conta das ruas do setor P Sul, em Ceilândia, e o helicóptero da corporação voou baixo. O delegado-chefe da unidade, Victor Dan, deve conceder entrevista coletiva ainda nesta manhã.

Jéssica Antunes
Jornal de Brasília

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *