Siga o Jornal de Brasília

Destaque

Carnaval reúne milhares de foliões no Eixo Monumental

Publicado

em

Carnaval reúne milhares de foliões no Eixo Monumental

Mudança de local e trajeto dos blocos Baratona e Raparigueiros não desanimou o público. Organizadores aprovaram o espaço

Baratona e Raparigueiros são dois blocos que costumam atrair grande número de foliões para as ruas do Distrito Federal. Não foi diferente neste ano, apesar da mudança de local para o Eixo Monumental. Neste domingo (11), milhares de pessoas passaram pela via para curtir o carnaval.

O trio, formado pela auxiliar administrativa Talia dos Santos Lopes, de 17 anos, e as recepcionistas Rosilene dos Santos Lopes, de 31, e Laura Priscila Sá Canindé, de 28, garantiu presença na festa desde cedo. Como ocorre em todos os anos.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Elas não se decepcionaram. “Gostamos é da ‘raparigagem’, esse é o melhor bloco”, disse Laura. “É uma festa família, venho com a minha mãe sempre”, afirmou Talia, que é filha de Rosilene. “É muito bom, principalmente aqui, no Eixo Monumental”, completou Rosilene.

Leia também:  DF tem maior programa de fomento à cultura do Brasil em 2021

A diversão tomou conta até de quem estava a trabalho. O ambulante Joel Brito da Silva, de 41 anos, colocou a fantasia de Lanterna Verde, ornada com o crachá de cadastro na Secretaria das Cidades, e foi, acompanhado da esposa, Juliana Kirmse, de 36 anos.

“Viemos ganhar dinheiro e curtir o carnaval”, sintetizou Juliana. “Somos do Cruzeiro, fui da bateria mirim da Aruc (Associação Recreativa Unidos do Cruzeiro), não curtir o carnaval é pecado”, completou Joel.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Segundo informações da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, até as 20 horas, o público era estimado em 40 mil na Baratona e 30 mil no Raparigueiros. No fim da noite, a pasta divulgará o balanço do segundo dia de carnaval.

No trio elétrico dos Raparigueiros, a banda Patakundum embalou os foliões. Pelo Baratona, a festa foi comanda pela Banda Trem das Cores. As atrações foram custeadas por chamamento público da Secretaria de Cultura.

Leia também:  Programa Renova-DF chega a Arniqueira e São Sebastião

Para os organizadores, a ida para o Eixo Monumental foi positiva. “É mais amplo que o Eixão”, comparou o presidente do Raparigueiros, Weliton Santana. “Facilita a saída ao fim da festa, pois é perto da Rodoviária do Plano Piloto”, observou Victor Hugo Ferreira, diretor do Baratona.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Os blocos ficaram um em frente ao outro, na N1, nos arredores da Torre de TV. Ambos subiram até a altura do Palácio do Buriti e desceram pela S1, do outro lado da torre, próximo à Rodoviária do Plano Piloto, onde ocorre a dispersão do público.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *