Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Depois do PSD e do PDT, Rede também vai entregar os cargos no governo

Publicado

em

Os filiados à legenda de Marina Silva evitaram falar em rompimento com o governador Rodrigo Rollemberg. Mas os filiados ao partido que ocupam postos no Executivo terão que pedir a exoneração.

Em um encontro realizado na tarde deste sábado (19/11), a Rede Sustentabilidade aprovou uma declaração de independência com relação ao governo e a determinação de entrega dos cargos.

A Rede também aprovou, por maioria, a determinação de lançamento de candidatura própria ao Governo do Distrito Federal. Os filiados à sigla defenderam o nome do deputado distrital Chico Leite. Ele pretende disputar uma vaga no Senado Federal, mas não descarta entrar na corrida pelo Palácio do Buriti, caso haja a construção de uma aliança consensual com outros partidos, como o PDT e o PV.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A decisão de abandonar o GDF gerou controvérsia, especialmente entre aqueles que desenvolvem função no governo, como o secretário de Meio Ambiente, André Lima, a diretora do Instituto Brasília Ambiental, Jane Villas Boas, e o administrador do Lago Norte, Marcos Woortman. Os três estão no Executivo desde o início da gestão de Rollemberg e demonstraram descontentamento em ter que deixar os projetos em andamento.

Leia também:  Mais um beco da rota acessível recuperado no Cruzeiro Velho

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *