Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Controladoria-Geral do DF vai aprofundar auditorias em contratos da Polícia Militar

Avatar

Publicado

em

Governador de Brasília determinou que o órgão de controle inicie o pente-fino pelos contratos maiores da corporação 

A Controladoria-Geral do Distrito Federal (CGDF) vai reforçar a análise de contratos da Polícia Militar do DF (PMDF). A medida foi determinada pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, nesta quinta-feira (16).

“Hoje, determinei ao controlador-geral, Henrique Ziller, que aprofunde as auditorias nos contratos da PMDF para investigar se há alguma outra irregularidade”, disse Rollemberg à imprensa após a assinatura do decreto que regulamenta a política de agroecologia e produção orgânica.

Na terça-feira (14), o Ministério Público do DF e Territórios (MPDFT) deflagrou operação que investiga esquema de extorsão a empresários para a liberação de pagamentos de contratos da PMDF.

“É importante registrar que a investigação começou com uma ação conjunta da Controladoria-Geral do DF e da Corregedoria da Polícia Militar do DF”, reforçou o governador.

Também nesta quinta-feira (16), foi publicada, no Diário Oficial do DF, a exoneração de Francisco Eronildo Feitosa do cargo de diretor de Logística e Finanças da PMDF. O policial foi retirado da função ainda na tarde de terça (14) por, segundo a investigação, integrar o esquema.

Rollemberg não estipulou um prazo para o reforço do trabalho da CGDF, mas orientou que ele comece pelos maiores contratos da corporação.

Equipe da CGDF que analisa contrato da Polícia Militar será reforçada

Segundo o controlador-geral do DF, Henrique Ziller, três funcionários foram designados para análise de contrato da PMDF in loco. Esse é o procedimento padrão da controladoria, que emite ordens de serviços aos órgãos fiscalizados e envia as equipes para trabalhar no local em questão.

As informações da CGDF embasaram, então, a Corregedoria da corporação, que, por sua vez, apoiou a investigação do MPDFT.

Além de reforçar essa equipe, a controladoria vai ampliar o número de contratos da PMDF que passarão por um pente-fino. “Vamos verificar quais controles primários podem ser feitos pela própria Polícia Militar e ajudá-los com recomendações para melhoria do controle”, detalhou Ziller. Os controles primários são aqueles feitos internamente pelo próprio gestor.

AMANDA MARTIMON E GUILHERME PERA, COM EDIÇÃO DE RAQUEL FLORES
AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *