Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Caesb aumenta capacidade de produção de água

Publicado

em

Em menos de um ano, mais de 1.576 litros por segundo foram colocados no sistema. Aumento foi possível por meio de obras como o Subsistema do Bananal, a ETA do Lago Norte e outras captações menores

Em menos de um ano, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) aumentou a capacidade de produção de água nova em 16,5% — de 9,5 mil litros por segundo (l/s) para 11.076 l/s.

Esse ganho foi obtido graças a obras como a do Subsistema do Bananal, que entrou em operação em 30 de outubro, e a da Estação de Tratamento de Água (ETA) do Lago Norte, inaugurada no dia 2 do mesmo mês.

Rollemberg, acompanhado do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, inaugurou nesta segunda (2) a Estação de Tratamento de Água do Lago Norte. Estrutura tem capacidade para extrair 700 litros por segundo. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

O acréscimo na produção, de acordo com a companhia, seria suficiente para abastecer uma população de aproximadamente 880 mil habitantes, o que representaria as Regiões Administrativas de Ceilândia, de Samambaia e do Recanto das Emas.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Outras captações de água no DF

Desde novembro de 2016, cerca de 15 mil moradores do Gama já são abastecidos pelo Córrego Crispim, do qual estão sendo captados cerca de 30 litros por segundo. A água passa por tratamento e depois é encaminhada ao Reservatório do Gama, de onde é distribuída aos habitantes.

Outra medida foi a reativação da captação no Rio Alagado, no Gama. Estão sendo captados 60 l/s, que beneficiam cerca de 30 mil pessoas da região. Para isso, a Caesb restaurou uma unidade de tratamento, o que melhorou a infraestrutura do local.

Hoje é o último dia para quitar débitos com a Caesb com 99% de desconto

A Caesb também fez melhorias na captação do Córrego Cabeça de Veado, que nasce dentro de área protegida, passa perto do Jardim Botânico e do Lago Sul e depois deságua no Lago Paranoá.

Em São Sebastião, foi ativado um poço, com capacidade de produção de 12 litros de água por segundo. Esse poço contribui para o abastecimento da região administrativa, beneficiando 4 mil pessoas.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Outra obra foi a interligação do Condomínio Total Ville ao Polo JK, que colabora com 8 litros por segundo.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta