Governo desobstrui mais de 600 mil m² de área na orla do Lago Norte

Iniciada em 2015, a recuperação dos terrenos a até 30 metros do Lago Paranoá faz parte do projeto Orla Livre. Nesta quarta-feira (25), Rollemberg fez a entrega formal do espaço para a população 

O governo de Brasília entregou 671 mil metros quadrados (m²) de área pública para a população. Trata-se de terrenos desobstruídos na orla do Lago Paranoá, na parte do Lago Norte, devolvidos para o uso da comunidade.

“É um salto civilizatório, mas é preciso usar a orla de forma ordenada. Faremos um concurso público internacional, o mais importante edital desde o da criação de Brasília, para que arquitetos e urbanistas deem ideias sobre o que fazer com o espaço.”Para o governador, esta é uma conquista histórica para o DF, que, segundo ele, vai ter acesso a um dos lugares mais belos da cidade.

Coordenadas pela Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis), as ações já haviam sido concluídas, mas faltava uma inauguração formal.

“É um salto civilizatório, mas é preciso usar a orla de forma ordenada. Faremos um concurso público internacional, o mais importante edital desde o da criação de Brasília, para que arquitetos e urbanistas deem ideias sobre o que fazer com o espaço”Rodrigo Rollemberg, governador de Brasília

A diretora-presidente do órgão, Bruna Pinheiro, ressaltou que cada morador é responsável pelos custos da retomada e da desobstrução da área invadida, que varia de R$ 8 mil a R$ 12 mil por lote.

“A fiscalização será constante para não haver novas ocupações irregulares”, disse. Em todo o DF, o governo recuperou mais de 20 milhões de m² de área pública.

O governo de Brasília desobstruiu a orla a até 30 metros da margem do Lago Paranoá, espaço de área de preservação permanente (APP).

Parte do projeto Orla Livre, o trabalho visa retomar a escala bucólica de Brasília, pensada por Lucio Costa. A ideia dele é que o lago fosse de todos.

GUILHERME PERA, COM EDIÇÃO DE PAULA OLIVEIRA
AGÊNCIA BRASÍLIA 
Send this to a friend