Condomínio Porto Rico, em Santa Maria, começa a receber asfalto

Serão 19,5 quilômetros de pavimentação asfáltica. Rollemberg esteve no local nesta quinta-feira (19) para verificar o andamento das obras. Ele também visitou residências atendidas pelo programa Melhorias Habitacionais, da Codhab

Teve início nesta semana a pavimentação asfáltica do Porto Rico, em Santa Maria. Essa é mais uma etapa das obras de infraestrutura que o condomínio recebe. A drenagem pluvial, iniciada emjulho de 2016, está 67% executada, e a previsão de entrega das intervenções é abril de 2018.

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, esteve na região nesta quinta-feira (19) para verificar o andamento dos trabalhos. “A comunidade esperava há mais de 20 anos por essas obras”, destacou.

“Ter infraestrutura contribui para melhorar a qualidade de vida da população. Sem asfalto, há poeira na época de seca e lama na época de chuva, o que prejudica a saúde das crianças.”

Serão 19,5 quilômetros (km) de pavimentação asfáltica, além de 15 km de drenagem, 45 mil metros quadrados (m²) de calçadas e 38 mil m² de meios-fios. Cerca de 20 mil moradores de região serão beneficiados com a urbanização.

O investimento é de R$ 29,1 milhões, com 95% dos recursos provenientes de financiamento junto à Caixa Econômica Federal e contrapartida de 5% do governo de Brasília.

Programa Melhorias Habitacionais atua em 20 residências no Porto Rico

O governador pontuou outras obras que também vão atender a população de Santa Maria, como a ciclovia e a ponte da DF-290 e a reforma da Escola Classe Porto Rico, iniciada em agosto.

A confeiteira Maria Cleomar da Silva, de 46 anos, é uma das beneficiadas da iniciativa que faz melhorias residenciais de até R$ 10 mil em unidades que se encaixam nos critérios da Codhab.Além disso, visitou uma das 20 residências do condomínio que participam do programa Melhorias Habitacionais, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab).

“Eu não teria condições de juntar dinheiro para construir este cômodo, que vai servir para o meu marido ter mais espaço para se recuperar do AVC [acidente vascular cerebral]”, disse.

O governador Rodrigo Rollemberg visitou também a casa da confeiteira Maria Cleomar da Silva, uma das beneficiadas do programa Melhorias HabitacionaisA meta do governo é atingir 50 residências no Porto Rico por meio do programa neste ano.

Podem participar famílias com renda mensal de até três salários mínimos, que morem há pelo menos 5 anos em áreas passíveis de regularização.

O Melhorias Habitacionais atua em outras três áreas do DF: Fercal, QNR da Ceilândia e Sol Nascente.

Governador diz que não há previsão para aumentar o racionamento de água no DF

O governador aproveitou a oportunidade para reafirmar que ainda não há previsão para aumentar dos dias de racionamento de água em virtude da crise hídrica pela qual passa o DF.

“Essa será uma decisão técnica entre a Caesb [Companhia de Saneamento Ambiental do DF] e a Adasa [Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF]”, disse.

Segundo ele, com a expectativa de chuvas para a próxima semana, indicada pelo Instituto de Meteorologia, e o início da captação de água do Lago Paranoá no início de outubro e do Bananal, no dia 30, espera-se que não seja necessário o aumento do racionamento.

GUILHERME PERA, COM EDIÇÃO DE PAULA OLIVEIRA
AGÊNCIA BRASÍLIA
Send this to a friend