Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

São Sebastião ganhará mais 3,1 mil unidades habitacionais

Publicado

em

Apartamentos serão construídos no Setor Habitacional Crixá, que já teve o projeto urbanístico aprovado 

Diferentemente do informado, a renda mensal da Faixa 1 do projeto Morar Bem vai até R$ 1,8 mil, não R$ 1,6 mil.

Cerca de 11 mil moradores de São Sebastião serão beneficiados com a construção de 3.120 apartamentos no Setor Habitacional Crixá, na região administrativa.

Os imóveis farão parte do primeiro parcelamento urbano do Habita Brasília, na modalidade Morar Bem. O projeto urbanístico já foi aprovado por decreto do governador Rodrigo Rollemberg.

A entrega ocorrerá em duas etapas: a primeira, de 1.904 unidades, durará 11 meses. A segunda, que levará seis meses, vai liberar 1.216 apartamentos. Os imóveis terão 47,5 metros quadrados.

Os beneficiários serão famílias já cadastradas na Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). Os inscritos estão na Faixa 1 do Morar Bem, com renda mensal de até R$ 1,8 mil.

Leia também:  FAP-DF abre dois novos programas de bolsas

De acordo com a Secretaria de Gestão do Território e Habitação, o Setor Habitacional Crixá será implementado nas imediações do Morro da Cruz, área de intensa grilagem de terras.

“A ideia é combater a ocupação irregular com o provimento de habitação regular e por meio da regularização”, justifica o secretário adjunto, Luiz Otavio Alves Rodrigues.

Segundo ele, as obras devem começar assim que o Instituto Brasília Ambiental (Ibram) expedir a licença de instalação, que se refere à implementação de infraestrutura no local. Uma vez concedida a autorização, o parcelamento poderá ser registrado em cartório.

Antes de seguir para sanção do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, o projeto urbanístico já tinha sido aprovado em reunião do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano (Conplan) em 4 de maio.

MARYNA LACERDA, COM EDIÇÃO DE RAQUEL FLORES
AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *