PCDF desarticula organização criminosa especializada em estelionatos

De acordo com as investigações, a organização usava o CPF de pessoas falecidas, mas que ainda não constavam como mortas na Receita Federal

 

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deu início, na manhã desta terça-feira (29/8), a Operação Ammit – que desatircula uma organização criminosa especializada em estelionatos e furtos. Segundo a corporação, a quadrilha realizava furtos mediante fraudes em instituições bancárias. A ação foi realizada pela 24ª Delegacia de Polícia (Setor O, Ceilândia).
 
De acordo com as investigações, a organização usava o CPF de pessoas falecidas, mas que ainda não constavam como mortas na Receita Federal. Com esse número de identificação, os criminosos falsificavam documentos e se passavam pela pessoa. Com o apoio de um gerente de banco, que integrava o grupo, os autores do crime contraíam empréstimos, sacavam o saldo disponível, emitiam cartões, etc.
 Durante a operação, foram apreendidas cédulas de identidade e carteiras de habilitação falsificadas, contratos bancários, cartões de banco e vários apetrechos usados para a falsificação de documentos. Todos os membros da quadrilha foram identificados, dentre deles um gerente de banco e um ex-agente da PCDF. Os dois líderes estão presos, e outros dois estão foragidos.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezoito − cinco =

Send this to a friend