Policial militar é esfaqueado 22 vezes dentro de carro em Taguatinga

Um policial militar de 47 anos foi vítima de uma tentativa de homicídio, por volta da 0h desta quarta-feira (21), dentro de um carro estacionado próximo ao terminal rodoviário de Taguatinga Sul. Uma mulher de 35 anos foi presa suspeita de envolvimento no caso.

Segundo a Polícia Militar, o último boletim médico sobre o estado de saúde do policial, identificado como Luciano Gomes da Silva, informa que foram encontradas 22 perfurações no corpo dele.

Ainda não há informações sobre como tudo teria começado. O militar foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros em estado grave e levado para o Hospital Regional de Taguatinga, onde passou por um cirurgia. No local do crime, a suspeita, que estava com o corpo ensanguentado, negou atendimento dos bombeiros.

A PM informou que a mulher assumiu ter entrado em luta com o policial e que tomou a arma dele, uma pistola Taurus calibre .40 e efetuou dois disparos. Apesar da declaração da mulher, no entanto, o boletim médico do HRT informa que, das 22 perfurações encontradas, nenhuma foi provocada por arma de fogo, conforme disse a PM.

Uma bolsa da mulher, o carro dela, a arma utilizada no crime e um carregador com sete munições foram apreendidos. O caso é investigado pela 21ª Delegacia de Polícia, em Taguatinga Sul.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezenove + 4 =

Send this to a friend