Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Câmara Legislativa realiza primeiro Hackday nesta sexta-feira

Publicado

em

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Das 10h às 18h, programadores, desenvolvedores e estudantes que dominam tecnologias da informação e computação vão se dedicar a tornar mais transparentes e inteligíveis os dados referentes às emendas parlamentares ao orçamento do DF.

Inaugurado no começo de abril, o Laboratório Hacker de Inovação da Câmara Legislativa do Distrito Federal (Labhinova) realiza amanhã (19) seu primeiro Hackday, espécie de maratona de programação.

No começo do encontro, os hackers assistirão a uma breve apresentação sobre a análise de dados orçamentários, e técnicos da Casa da área de orçamento e finanças estarão presentes para orientar como baixar informações do Sistema de Gestão Governamental (Siggo), da Secretaria de Fazenda. A expectativa é que o conteúdo e o cruzamento de dados possam ser apresentados de forma acessível, ou seja, livre e em formato compreensível para qualquer cidadão, em especial os leigos na complexa área de finanças. Também serão disponibilizados aos hackers acesso às emendas parlamentares ao orçamento de 2017, assim como informações sobre a execução dessas verbas pelo GDF.

Leia também:  Parceria nas ações de saúde no socioeducativo

Não há objetivos pré-definidos para os trabalhos do dia, que serão realizados em grupos. De acordo com os organizadores, ao final do Hackday, por volta das 17h, os programadores apresentarão ao debate suas ideiais para traduzir dados numéricos e técnicos em gráficos e sistemas de navegação intuitiva.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O hackday está sendo organizado com o apoio do LabHacker da Câmara dos Deputados, em funcionamento desde 2013, e deve contar com a participação de cerca de 50 hackers. Entre eles, programadores que já coletam dados de governo e participantes do Laboratório de Inovação em Governo GNova, do Ministério do Planejamento em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Também devem participar integrantes do Observatório Social de Brasília e do Instituto de Fiscalização e Controle.

O Labhinova pretende realizar, ainda, outros Hackdays sobre assuntos variados, a exemplo de comunicação pública. O objetivo é o desenvolvimento de projetos inovadores e criativos que aumentem a transparência sobre as ações do Legislativo local, como aplicativos para celulares.

Leia também:  Fiscalização flagra mais de 300 motoristas alcoolizados no fim de semana
Éder Wen
Coordenadoria de Comunicação Social

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta