Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Professores decidem manter greve por tempo indeterminado

Avatar

Publicado

em

Mais de 10 mil professores (as) e orientadores (as) educacionais compareceram a assembleia, na Praça do Buriti, na manhã desta terça-feira (21) e decidiram pela continuidade da greve, perante os ataques e retiradas de direitos oriundos do GDF e do governo Temer.

A categoria aprovou o calendário de mobilização para os próximos dias, que se inicia na tarde desta terça-feira (21), no Espaço do Servidor (na Esplanada dos Ministérios), a partir das 13 horas, em um ato contra o PL nº 4302/1998, que libera a subcontratação e precariza ainda mais as relações de trabalho, decreta indiretamente o fim dos concursos públicos, desmonta as categorias profissionais, joga no lixo os acordos e convenções coletivas e enfraquece as entidades de classe (sindicatos, federações e confederações).

Confira o calendário de mobilização:

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

21/03 – Ato contra o PL 4302/1998, com concentração no Espaço do Servidor (Esplanada dos Ministérios), às 13h;

22/03 – Piquetes nas cidades;

23/03 – Manhã e tarde: piquetes nas cidades; noite – plenária com o movimento estudantil, na sede do Sinpro, às 19h;

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

24/03 – Intensificação da campanha junto aos parlamentares;

25/03 – Atividades de mobilização nas cidades;

26/03 – Atividades nas cidades;

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

27/03 – Manhã – assembleias regionais; tarde – atividades nas cidades; noite – reunião do Comando de Greve;

28/03 – Assembleia Geral da categoria (local e horário a definir).

Créditos das fotos: Deva Garcia / Sinpro,  José Paulo de Oliveira / ECOM e Marcelo Tavares / ECOM.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *