Siga o Jornal de Brasília

Destaque

Polícia Militar prende integrantes de quadrilha com arsenal de guerra

Avatar

Publicado

em

Após uma ação conjunta entre as Polícias Militares do Distrito Federal e do estado do Goiás na madrugada da última quarta-feira (08/03), dois integrantes de uma quadrilha especializada em roubos a mineradoras que agiam em Goiás foram presos com um enorme arsenal de guerra.

Por volta de 1h da manhã, uma quadrilha composta por aproximadamente 15 homens fortemente armados atacou uma mineradora no município de Crixás, no estado de Goiás, renderam uma guarnição de policiais militares de Goiás, efetuaram diversos disparos contra a viatura policial, roubando as armas dos militares, assim como a arma de um dos seguranças da empresa. Em seguida arrombaram a sala do cofre com o uso de explosivos. A mineradora não informou o que foi levado.

Após a ação criminosa, o comando da Polícia Militar do estado de Goiás determinou que as equipes dos Batalhões Especializados, bem como as equipes da área de inteligência policial se deslocassem para a região para tentarem localizar e capturar os criminosos.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Durante a operação, os integrantes da quadrilha tentaram fugir da região, o que resultou em perseguição e troca de tiros com os policiais militares. Durante a fuga os assaltantes jogaram um balde de “miguelitos” (pregos retorcidos utilizados para furar pneus de viaturas), com o objetivo de perfurar os pneus dos veículos policiais que os seguiam. O balde utilizado pelos criminosos foi recolhido e nele os policiais encontraram uma etiqueta com o endereço de uma loja de materiais elétricos localizada na QE 7, Guará I, no Distrito Federal.

Diante da situação, o serviço de inteligência da PMGO compartilhou as informações com os agentes de inteligência da PMDF, possibilitando a identificação de um dos suspeitos, possivelmente o fornecedor de armas e munições para diversas quadrilhas de roubos a banco que atuam no Brasil.
Policiais Militares do Batalhão de Choque da PMDF foram acionados e, ao chegarem no estabelecimento encontraram armas, algumas delas de grosso calibre, dentre elas um fuzil M16 utilizado pelas forças especiais Norte Americanas em ações de guerra.
Também foram localizados aproximadamente 4 mil cartuchos de munições de diversos calibres, como os calibres 7.62mm, 5.56mm, .40, 9mm, e calibre 38, além de R$ 40 mil reais em espécie. Os policiais do Batalhão de Choque da Polícia Militar do DF prenderam em flagrante o proprietário da loja, Jozivaldo Fernandes Gonçalves, de 52 anos, conhecido como “professor” e também seu irmão José Aparecido Fernandes, de 54 anos.

Ao todo, foram apreendidas sete armas de fogo, sendo um fuzil M16 calibre 556 Colt, uma espingarda calibre 12 (escopeta), um revólver calibre 22, três revólveres calibre 38, além de uma pistola calibre 380.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Também foram encontrados e apreendidos um colete balístico de placa cerâmica com aproximadamente 5cm de espessura capaz de resistir a disparos de fuzis de grosso calibre, aproximadamente 4 mil cartuchos de diversos calibres, incluindo munições de .50 utilizados para perfurar veículos blindados e aeronaves de guerra, uma máquina de prensar e fabricar munições, um silenciador para fuzil, quatro carregadores de pistola Glock .9mm, dois carregadores de fuzil .556 e centenas de espoletas e estojos usados na fabricação de munições.

Os detidos e todo o arsenal apreendido foram apresentados na Delegacia de Roubos e Furtos.

 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *