Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Brasília recebe 9º Salão do Artesanato

Brasília de Fato

Publicado

em

Artesanato

Um dos maiores eventos de artesanato do país terá 17 estados participando, oficinas, shows e gastronomia típica. Entrada franca

Desde o último dia 29 de março, Brasília recebe o 9º Salão do Artesanato, no Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade. Com entrada gratuita, o evento vai até o próximo domingo (2) de quarta a sexta-feira das 16h às 22h, sábado e domingo das 11h às 22h, com entrada gratuita. O Salão é um dos maiores eventos de artesanato do país, reunindo vários estados brasileiros, tem apoio e participação do Programa do Artesanato Brasileiro-PAB, vinculado à Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa da Secretaria de Governo da Presidência da República, da Secretaria de Turismo do GDF, do SESC-DF e patrocínio cultural do BRB.

A expectativa é que mais de 60 mil pessoas passem por lá, em um espaço de 19 mil metros quadrados divididos entre estandes e trabalhos de cerca de 1500 artesãos de vários locais do Brasil.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O Salão do Artesanato reúne, nesta edição, 17 estados brasileiros expondo e comercializando produtos genuinamente artesanais, mobilizados pelo PAB, e, também, expositores individuais. “O evento promove a aproximação do artesão com o público, com lojistas e aquece o mercado em um momento de crise. Além disso, destaca aspectos importantes da cultura dos estados e cidades participantes por meio de música, dança e outras manifestações artísticas populares”, diz o diretor da Rome Eventos, empresa organizadora do Salão, Rômulo Mendonça.

“Este ano teremos um fator importante, a assinatura pelo Governo Federal por intermédio da Secretaria de Governo com os estados brasileiros, Ministério da Cultura, Turismo, Desenvolvimento Social e Agrário, de um Plano de Governo para o setor artesanal”, informa Leda Alves, diretora executiva da Rome. O Salão foi escolhido para esta solenidade em função de ser realizado no mês do artesão, comemorado em 19 de março, e pela oportunidade de reunir artesãos de vários estados. “Para isso, no dia 30 de março, no período da manhã, haverá um grande evento visando a valorização do artesão e o fortalecimento do setor artesanal”, complementa a coordenadora do PAB, Ana Beatriz Ellery.

Todo ano um estado é homenageado e neste, quem ganha destaque é Alagoas, que terá espaço para apresentar seu artesanato, gastronomia e cultura. Os visitantes poderão conferir produtos artesanais em fibra, madeira, fios e tecidos, entre outros. No estande será divulgado, também, o destino Alagoas, com itens da recente campanha #AlagoasTeFazFeliz. “Iremos oferecer degustação de produtos típicos da culinária alagoana”, informa a gerente de Design e Artesanato da Sedetur, Daniela Vasconcelos.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A mestre artesã e Patrimônio Vivo do Estado de Alagoas, Vânia Oliveira, estará presente no 9º Salão do Artesanato com o ‘Chapéu de Guerreiro’, a principal peça da indumentária da dança Auto dos Guerreiros. Autodidata, a artesã reconheceu sozinha a vocação e o amor pela arte. Segundo ela, tudo começou há 32 anos, quando tentava criar as lembranças de aniversário de sua filha. Entre um produto e outro, o aperfeiçoamento e desejo de reproduzir a cultura local de alguma forma, a artesã tornou a confecção de peças cada vez mais elaborada, transformando-se um dos principais nomes do artesanato alagoano.

O Auto dos Guerreiros, ou simplesmente Guerreiro, é um dos mais importantes folguedos populares de Alagoas. Ele surgiu no Estado na década de 1920 e canta, por meio do sincretismo religioso, a chegada do messias e a homenagem dos três Reis Magos. Trajes multicoloridos, ornamentados com espelhos, miçangas, fitas e lantejoulas, além de chapéus que formam verdadeiras obras de arte popular, compõem o visual das apresentações.

“Nos sentimos muito honrados em ter nosso artesanato homenageado. Alagoas tem uma riqueza cultural imensa, com produtos artesanais únicos e uma grande variedade de tipologias, além de mestres artesãos reconhecidos por sua arte em várias partes do mundo. A arte popular produzida em Alagoas carrega raízes ancestrais fortíssimas, vide as cabeças da Mestra Dona Irinéia, expostas em feiras pelo mundo inteiro e que carregam toda a cultura quilombola consigo”, enfatiza Daniela.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Paralelamente, haverá oficinas de artesanato, shows e palestras. Os cantores confirmados são: Dudu Braga – RC na veia, Bruna Viola, Banda Camafeu e Gabriel Correa.

Sobre os eventos paralelos:

Praça do Artesão – Quatro artesãos do DF foram convidados a dar vida a quatro praças de convivência no evento, utilizando técnicas e materiais diferentes. São eles: Zaqueu que trabalha com metal, Paulo de Paula, artista da cerâmica,  Tião Piauí, mestre no cipó e Roberto do Bambú, que como o próprio nome já diz, faz arte com bambu. “Vale a pena conferir esses espaços para ver a criatividade de nossos artistas”, acrescenta Leda.

Oficinas – Serão coordenadas pelo SESC-DF, que oferecerá diariamente aulas de variadas técnicas e materiais para o público visitante.  De maneira simples e com poucos recursos, será possível, até para leigos, aprender a fazer enfeites, bijuterias, acessórios e utilitários de forma divertida e prática.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Projeto Rome Cidadania – Consciente de sua responsabilidade social, a Rome Eventos, monta, todos os anos, espaços destinados a entidades sociais que têm no artesanato uma forma de terapia ocupacional e também de geração de renda. Essas entidades recebem os espaços montados com toda a estrutura necessária para expor e comercializar seus produtos, além de poder divulgar ao público as ações que desenvolvem. Este ano participarão o Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes, a ONG Concretamente Brasília e a ONG Vida Positiva.

Confira a programação dos shows que ocorrem sempre às 21h:

31/03– Banda Camafeu

Uma mistura de samba reggae com axé music, assim podemos definir a banda brasiliense Camafeu. Com uma roupagem percussiva, o pop rock e sucessos da MPB ganham uma batida diferenciada. Criada em 2011, o vocalista Guga Camafeu está à frente da banda composta por 10 profissionais. No repertório, sucessos como Minha pequena Eva, Faraó, País Tropical e vários outros.

01/04 – Gabriel Correa

O cantor brasiliense Gabriel Correa, semifinalista da quinta temporada do programa The Voice Brasil, saiu do pop-rock e hoje aposta no sertanejo pop, trazendo em seu repertório os sucessos de Lucas Lucco, Marília Mendonça, Luan Santana, Israel Novaes, Wesley Safadão, e outros.  Ele já cantou com Fernando e Sorocaba e abriu um show de Marcos & Belutti.


Serviço:

9º SALÃO DO ARTESANATO
Local: Pavilhão de Exposições do Parque da Cidade
Horários: Quarta à sexta: das 16h às 22h / Sábado e domingo: das 11h às 22h
Entrada gratuita
Informações: www.salaodoartesanato.com.br / www.rome.com.br
Telefone: (61) 3345-0011

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *