Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Moradores de apartamentos tendem mais a separar o lixo para coleta seletiva

Publicado

em

Informação está em pesquisa da Codeplan divulgada na manhã desta quarta (15). Levantamento ouviu 1.933 brasilienses

Pessoas que moram em apartamentos têm maior probabilidade de separar o lixo, seguidos por aquelas que residem em casa e, por último, casa em condomínio. As informações constam da pesquisa Coleta seletiva no Distrito Federal: percepções e avaliações dos cidadãos, divulgada nesta quarta-feira (15) pela Companhia de Planejamento do DF (Codeplan) e pelo Serviço de Limpeza Urbana (SLU).

O objetivo foi avaliar os padrões de comportamento associados à coleta seletiva, para aprimorar a prestação de serviços. O levantamento diz ainda que mulheres tendem mais a declarar que fazem a separação. Foram entrevistados por telefone 1.933 cidadãos do Distrito Federal acima de 18 anos, na maioria das regiões administrativas. Desses, 59,1% responderam que selecionam o lixo em casa para reciclagem.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Entre os tipos de materiais separados destacam-se plásticos, garrafas PET e papel. “Com a inauguração do Aterro Sanitário de Brasília, estamos depositando lá só os rejeitos, e, para fazer um bom planejamento da coleta seletiva, é importante que a gente conheça em detalhes o que está ocorrendo hoje para aperfeiçoar o serviço”, avaliou a diretora-presidente do SLU, Kátia Campos.

Avaliação da coleta seletiva no DF

Na avaliação geral, 49,8% dos entrevistados consideraram a coleta seletiva no DF boa; 17%, ótima; 25,3%, regular; 4,9%, ruim; e 3%, péssima. Em questão aberta, os principais entraves descritos são: desconhecimento sobre os dias da coleta, dúvidas na hora de separar o lixo e, por parte dos catadores, falta de cumprimento dos horários.

Leia também:  Mais um beco da rota acessível recuperado no Cruzeiro Velho

Para a pesquisa, foi selecionada uma amostra de 12.011 registros, do cadastro de habilitados do Departamento de Trânsito (Detran-DF). Desse total, 4.333 ligações foram completadas e, desse número, 1.933 aceitaram participar. As entrevistas ocorreram de 1º a 7 de dezembro de 2016.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
SAMIRA PÁDUA, com edição de RAQUEL FLORES E MARINA MERCANTE
AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *