Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Taxista é morto com tiro no peito ao reagir a assalto em Brazlândia

Avatar

Publicado

em

Ele foi abordado por um casal de supostos passageiros, em Ceilândia. Os clientes queriam ir para Brazlândia. O homem e a mulher sentaram no banco de trás e anunciaram o assalto.

Um taxista, de 46 anos, foi assassinado com um tiro no peito após reagir a uma tentativa de assalto na DF-180, em Brazlândia, na noite dessa quarta-feira (4).

Ao avistar uma viatura da Polícia Militar, o motorista jogou o táxi em direção ao carro da PM. Um dos passageiros atirou no taxista dentro do veículo e fugiu. Quando os militares se aproximaram, o motorista já estava sem vida.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“No momento em que ele jogou o carro, o bandido disparou. A perícia vai constatar, mas nós já verificamos um tiro contra o banco que acertou o peito do motorista”, disse o sargento Mike Júnior ao portal de notícias G1.

Leia também:  Ibaneis entrega o Complexo Viário Governador Roriz

Rogério Magalhães, 20 anos,  chegou a se esconder em uma mata para fugir da PM, mas acabou preso. Na delegacia, ele confessou ter atirado no motorista. A namorada dele, Daniele de Sousa, 22 anos, também foi presa.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *