Setor de serviços no DF abriu 18 mil postos de trabalho em dezembro

Comércio ganhou 11 mil novas ocupações, mas construção civil perdeu 7 mil. Desemprego se manteve estável, com 18,6% em relação a novembro

O setor de serviços do Distrito Federal abriu 18 mil novos postos de trabalho em dezembro de 2016. No comércio, foram 11 mil novas ocupações. Em menor quantidade, a construção civil e a indústria de transformação tiveram redução de postos, de 7 mil e de 3 mil, respectivamente. Em relação a novembro, o desemprego fechou o ano passado relativamente estável — passou de 18,5% para 18,6%.

Os dados são da Pesquisa de Emprego e Desemprego (PED) no DF referente a dezembro de 2016, divulgados na manhã desta quarta-feira (25), no auditório da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, no Setor Comercial Sul.

O cenário de novos postos de trabalho, quando comparado com o mesmo período de 2015, também é de melhora. De dezembro de 2015 a dezembro do ano passado, o acréscimo foi de 31 mil postos de trabalho.

No setor privado, houve aumento no número de trabalhadores com carteira assinada. Isso vale tanto na comparação de novembro com dezembro — com a inserção de mais 17 mil assalariados — quanto dos últimos 12 meses, em que o aumento foi de 12 mil.

12 mil Novos trabalhadores com carteira assinada em 2016

Esses pontos, no entanto, não foram suficientes para diminuir o desemprego em Brasília diante da pressão no mercado de trabalho. Em dezembro de 2016, registrou-se a entrada de 24 mil pessoas. Em relação ao mesmo mês de 2015, incorporaram-se 114 mil ao mercado de trabalho local. Até o fim de 2016, a pesquisa estimou o número total de desempregados no DF em 302 mil.

O levantamento é feito pela Companhia de Planejamento do DF (Codeplan), pela Secretaria do Trabalho e pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), em parceria com a Fundação Sistema Estadual de Análise de Dados do governo de São Paulo.

 

Amanda Martimon, com edição de Raquel Flores
Agência Brasília

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezoito + quinze =

Mais lidas

Send this to a friend