Moradores de Samambaia recebem escrituras em casa

Codhab

Ação da Codhab atendeu cerca de 300 famílias em quatro dias e retoma processo suspenso por causa de temporal que atingiu a região administrativa em outubro de 2016

A regularização de imóveis em Samambaia beneficiou cerca de 300 famílias. A ação, que teve início na quarta-feira (4), ocorreu até a tarde deste sábado (7), em várias quadras da região administrativa, e retomou um processo interrompido por causa do temporal que atingiu parte da cidade, em 19 de outubro de 2016.

Codhab
Foto: Agência Brasília

À época, a entrega da documentação já estava programada, mas foi suspensa porque parte dos beneficiados ficou sem recursos para o pagamento das taxas de cartório. Para facilitar o procedimento, aCompanhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab) repassou as escrituras de porta em porta àqueles que têm direito. A ação faz parte do programa Habita Brasília, por meio do pilar do Lote Legal.

A medida se refere a imóveis estabelecidos há vários anos. “Alguns, desde a criação de Samambaia, só faltava a escritura”, explicou o chefe de Núcleo da Diretoria de Regularização da Codhab, Robert Oliveira. Toda a infraestrutura de água, energia e saneamento básico também está instalada. O passo seguinte para os proprietários é fazer o registro da escritura em cartório.

Foto: Agência Brasília

Dos 300 documentos entregues até este sábado, de um total de 466, um foi para a aposentada Joana d’Arc Silveira dos Santos, de 52 anos. “Meu sonho era ter meu papel [escritura]. Estou achando bom demais!”, disse ela, que mora há dez anos na região. “Agora sei que é meu mesmo”, completou.

Tecnólogo em serviços de telecomunicações, Efraim Geraldo Rodrigues Leite, de 39 anos, também recebeu o documento. “A escritura é tudo, é a parte legal da propriedade”, destacou.

Aqueles que não estavam em casa no momento da visita da equipe da Codhab podem procurar a Diretoria de Regularização da empresa pública, na Quadra 6 do Setor Comercial Sul, de terça (10) a sexta-feira (13), das 8 horas ao meio-dia e das 14 às 18 horas. É preciso levar os documentos pessoais e, no caso de representantes, a procuração. Dúvidas podem ser sanadas por meio do telefone (61) 3214-1816.

1 Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

2 × 2 =

Send this to a friend