Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Contrato com o HUB aumenta cobertura da rede pública de saúde

Publicado

em

Documento formaliza parceria do governo de Brasília com o hospital universitário, que será a referência para casos de média e alta complexidade da região leste do DF

O governo de Brasília firmou contrato para formalizar a participação do Hospital Universitário de Brasília (HUB) na Rede de Atenção à Saúde do Distrito Federal. A parceria prevê a oferta de serviços de urgência e emergência a pacientes da rede pública, além de atendimento em clínica médica, pediatria, cirurgia geral, ginecologia, obstetrícia e serviços ambulatoriais.

Com o contrato, o HUB vai ser a unidade de referência no atendimento de média e alta complexidade para pacientes da região leste do DF, onde ficam Itapoã, Paranoá e São Sebastião. O valor mensal será de até R$ 4,1 milhões, pois depende do cumprimento de metas relacionadas à assistência à saúde e à educação.

Assinaram o documento o secretário de Saúde, Humberto Fonseca; a reitora da Universidade de Brasília (UnB), Márcia Abrahão; o presidente em exercício da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Laedson Bezerra Silva; o superintendente do HUB, Hervaldo Carvalho; e o diretor de Atenção à Saúde da Ebserh, Claudio Saab.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A professora da UnB Elsa Ferreira Noronha, que toma posse como superintendente do hospital universitário a partir de fevereiro, e o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, assinaram como testemunhas. “[O contrato] é uma ampliação dos serviços de assistência à saúde feitos pelo HUB”, disse Rollemberg. “Os recursos são uma prioridade para aumentar a cobertura da saúde, vêm do orçamento do governo e serão repassados a partir de metas qualitativas e quantitativas.”

O discurso de aumento da cobertura e de parceria entre o HUB e o governo foi reforçado por todos que firmaram o acordo. “É um contrato inovador, pois alia educação e saúde”, destacou Carvalho.

Como é o Hospital Universitário de Brasília

O Hospital Universitário de Brasília atende 28 especialidades médicas. A estrutura conta com 350 médicos e 1,7 mil profissionais de outras áreas. São 252 leitos em operação — 28 deles na unidade de terapia intensiva (UTI) —, 131 consultórios, uma sala de gesso e 13 consultórios odontológicos. Todos os pacientes são encaminhados para lá por meio de unidades da rede pública.

 

GUILHERME PERA, com edição de  MARINA MERCANTE

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

 AGÊNCIA BRASÍLIA

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta