Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Trânsito para as festas de réveillon terá esquema especial

Brasília de Fato

Publicado

em

Na Esplanada dos Ministérios, haverá bloqueios a partir das 8 e das 14 horas de sábado (31). Em vias de acesso à Prainha, as interdições serão das 23h30 à 0h30 de domingo (1º) para a queima de fogos

A circulação de veículos vai ser alterada nas proximidades dos locais onde haverá as festas gratuitas de réveillon. Na Esplanada dos Ministérios, que receberá atrações musicais, oficinas e feira criativa no sábado (31), as interdições nas vias de acesso ao Museu Nacional começam às 8 horas.

Vias S1 e N1 ficará fechada para a festa de réveillon entre a Rodoviária do Plano Piloto e o cruzamento com L2 Sul e Norte.

Vias S1 e N1 ficarão fechadas para a festa de réveillon entre a Rodoviária do Plano Piloto e o cruzamento com L2 Sul e Norte. Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

O Batalhão de Trânsito da Polícia Militar do DF interromperá a passagem nas alças leste e oeste (contorno da Rodoviária do Plano Piloto) até o gramado central, em frente ao museu. O bloqueio visa facilitar a montagem das estruturas e o acesso dos organizadores.

Às 14 horas, todas as faixas da Via S1, que leva ao Congresso Nacional, serão interditadas da altura do acesso da L2 Sul para a L2 Norte até a Rodoviária do Plano Piloto. Do outro lado, o fechamento da Via N1 será do início da L2 Norte até o Teatro Nacional Claudio Santoro. Os estacionamentos dos ministérios e anexos estarão disponíveis, assim como os da plataforma superior da rodoviária. Para manter a segurança, durante os 15 minutos da queima de fogos, o Buraco do Tatuí (ligação das L2 Sul e Norte, próximo à Catedral) será fechado.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Bloqueio de vias na Esplanada no réveillon

A partir das 2 horas de domingo (1º), horário previsto para o término dos shows, a Polícia Militar acompanhará o público aos estacionamentos e à Rodoviária do Plano Piloto e começará a liberação das vias. Serão cerca de 450 policiais para garantir a segurança do evento, 45 deles dedicados só às ações de trânsito. Eles estarão a pé, de moto e em viaturas.

Segundo o tenente coronel Edivã Sousa, do Batalhão de Trânsito, a polícia trabalhará para manter a segurança no local, mas é necessário ficar atento. “Nós recomendamos cuidado na utilização de celulares à mostra, que as pessoas andem em grupo e estacionem em local iluminado. Isso garante uma segurança a mais do que a que a polícia está promovendo”, orienta.

Interdições em vias próximas à festa da Prainha

O Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) fará operações de sinalização, controle, fiscalização e apoio à travessia de pedestres para que os eventos de virada de ano no Clube de Engenharia, no Pontão do Lago Sul e na Prainha transcorram sem causar tumultos na cidade. Também serão disponibilizados 40 policiais militares para atuar no local.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

A partir das 14 horas, será fechada a alça de acesso à L4 Sul, próximo à Prainha, para montagem da estrutura do evento e para assegurar a livre circulação de pedestres. O acesso à Ponte Honestino Guimarães ficará interditado em ambos os sentidos, entre as 23h30 e a 0h30, para a segurança de motoristas e pedestres durante a queima de fogos de artifício às margens do Lago Paranoá.

Trânsito no Pontão e na Prainha no réveillon

O retorno em frente à entrada do Pontão também estará inacessível, e os veículos deverão retornar pelo viaduto. Ao final dos eventos, a faixa central da Ponte Honestino Guimarães ficará bloqueada e seguirá a rotina de domingo.

Locais de estacionamento no réveillon do Lago Paranoá e efetivo

Os clubes da Associação de Servidores do Senado Federal (Assefe) e da Associação Atlética Banco de Brasília (AABR), além de shoppings da região, são os locais onde os condutores poderão parar os veículos regularmente. Os ônibus deverão estacionar nas proximidades da Assefe.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Equipes do Detran-DF fiscalizarão as vias para impedir estacionamentos irregulares ao longo das vias e sobre o canteiro central. Ao todo, atuarão 60 agentes de trânsito, com 26 viaturas operacionais, duas de guincho, uma empilhadeira e uma aeronave.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *