Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

População de seis regiões do Distrito Federal sofre sem água

Avatar

Publicado

em

Moradores enchem galões e baldes e se adaptam para enfrentar o maior problema de abastecimento da história. Racionamento afeta, a princípio, seis cidades. Em alguns locais, as torneiras ficam vazias por até quase 24 horas

Camila Costa
Drama. É com essa palavra que os moradores das regiões afetadas pelo racionamento de água no Distrito Federal definem a atual situação. É roupa suja para lavar, crianças para dar banho, comida para ser feita e casa para limpar. Tudo à espera de água. Apesar do cronograma estabelecido pelo governo para a distribuição, entre a maioria dos moradores, o clima é de incerteza. E, na dúvida, quem pode junta o que consegue para garantir água pelo menos para o necessário. Hoje, outras três regiões: São Sebastião, Planaltina e Sobradinho 2 ficarão sem água, alguns, até sábado às 15h .

O rodízio de abastecimento foi oficializado na última quarta-feira pela Agência Reguladora de Águas (Adasa), como uma forma de cumprir a determinação de redução de 10% do consumo de água no DF. A princípio, entram no esquema as seis cidades abastecidas por córregos. O desligamento é programado, anunciado com 24 horas de antecedência e pode durar o dia inteiro. Apesar de entenderem a decisão, os moradores sofrem.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização
No endereço da dona de casa Maria de Lourdes Pereira do Nascimento, 49 anos, no Bairro Vitória, em São Sebastião, acabou até a água para beber. O marido precisou sair, no fim da tarde, para comprar novos galões. “O negócio está feio. Onze dias sem água. Vem muito pouco, quando vem. A gente deixa a mangueira ligada o tempo todo, mas não sai nada. Ontem (quarta), chegou por volta da meia-noite, enchemos um pouco da caixa d’água, mas não deu para nada, já está vazia”, reclamou Lourdes.

São oito pessoas em casa, sendo duas crianças. Lourdes mostra o balde de roupa cheio de um lado e a caixa d’água vazia do outro. “Temos um poço também, mas está seco por conta do clima. Na hora do banho, tem que ser aquele típico banho de gato.” De acordo com a Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), dona Lourdes e todos os outros moradores estão passando por isso para que se possa “preservar os níveis de reservação e evitar falta de água em maior proporção”.

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização
Segundo a Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento (Adasa), o DF vive a pior crise hídrica dos últimos 30 anos, com baixos níveis de água nos reservatórios do Descoberto (37,14%) e de Santa Maria (49,19%), índices medidos na última terça-feira. “Nunca vi isso na vida”, comentou a pensionista Almerinda Lopes da Silva, 71. Há 29 anos morando em São Sebastião, para não faltar água, ela tem estocado galões no fundo de casa. “Eu imaginava que isso ia acontecer um dia. Tem vezes que não conseguimos pisar na porta de casa de tanta água acumulada aqui na frente. Muito desperdício.” De fato, em todas as vias que a reportagem esteve, tinha vazão de água pelos canos das casas. Muitos lava a jato também continuam funcionando, sem controle da quantidade de água utilizada.

“Quem tem caixa d’água está se virando, mas eu não tenho. O jeito é reservar nos baldes”, diz o cabeleireiro Francisco Melo da Silva, 36. Ele perdeu um cliente na manhã de ontem porque não tinha água para lavar o cabelo. “Tem gente que desperdiça, e faz falta para todo mundo. Já vi falta de água por aqui, mas nunca dessa forma.”

Leia também:  A tatuagem como caminho para a ressocialização

Onde vai faltar água hoje

São Sebastião
 
» Bairro São José; Bairro São Francisco e Morro da Cruz — Fechamento, às 9h de hoje, e abertura, às 8h de amanhã.
» Setor Residencial Oeste, Quadras 305, 306 e 307; Morro Azul e Vila do Boa — Fechamento, às 7h, e abertura, às 19h de hoje.
 
Planaltina
» Setor Residencial Leste/Vila Buritis — Fechamento, às 16h de hoje, e abertura, às 15h de amanhã.
 
Sobradinho II
» Condomínios do Setor Habitacional Contagem (Morada dos Nobres, Vivendas Serranas, Recanto dos Nobres, Vivenda da Serra e Vivenda Campestre, Jardim Ipanema, Jardim América, Condomínio Serra Dourada) — Fechamento, às 15h de hoje, e abertura, às 14h de amanhã.
» AR 13, 15, 17 e 19, Condomínios do Setor Habitacional Contagem (Condomínio Vila Verde, Residencial Sobradinho III, Condomínio Versailles) — Fechamento, às 15h de hoje, e abertura, às 14h de amanhã.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *