Operação da PM tensiona relação com policiais civis, que reagem

Sinpol divulga lista com recomendações a delegados e agentes. Entre elas está a denúncia a autoridades de “abuso de poder” caso crimes não sejam configurados. A medida foi adotada após anúncio de uma megaoperação da Polícia Militar no mesmo horário da assembleia da categoria

A guerra entre policiais civis e militares extrapolou os limites da questão salarial. Enquanto a PM se prepara para uma megaoperação nesta sexta-feira (9/9), com o objetivo de reduzir os índices de criminalidade, o Sindicato dos Policiais Civis do DF (SInpol) divulgou uma lista com orientações a serem seguidas à medida que os presos forem chegando às delegacias. O registro das ocorrências de casos trazidos durante a operação só será realizado sob condições. E, em caso de não se confirmar crime nas prisões efetuadas, o sindicato recomenda que os militares sejam alvos de uma denúncia por “abuso de autoridade”.

A lista incluiu outras recomendações e mostra a ferida exposta na relação entre as duas principais forças da segurança pública brasiliense. Para a apreensão de drogas, por exemplo, vai ser exigida a emissão de laudo preliminar positivo do entorpecente. Na avaliação dos policiais civis, a operação da PM ocorre em hora imprópria, uma vez que a maioria das chefias entregaram os cargos.

Leia mais em Metrópoles.com

 

Send this to a friend