Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Mudanças no Na Hora do Riacho Fundo I revolta a população

Avatar

Publicado

em

Secretário enfrenta reclamações sobre mudança do Na Hora

O secretário de Justiça e Cidadania do DF, Marcelo Lourenço Coelho de Lima, simpático e experiente, que já atuou na Câmara  Legislativa e foi subsecretário de Avaliação e Gestão da Informação da antiga Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano,  têm sido criticado  no Riacho Fundo I por grupos que não querem que o Na Hora,  localizado na cidade à beira da EPNB há mais de seis anos, seja transferido para Samambaia. Nesta unidade  funciona o melhor serviço de emissão de passaportes da Polícia Federal do país. Somente em agosto foram mais de 12 mil atendimentos feitos pela PF.

Segundo informações, lideranças do Riacho Fundo I questionaram o governador Rodrigo Rollemberg (PSB), que afirmou desconhecer a mudança e que conversaria com o secretário de Justiça a respeito. O contrato da unidade do Na Hora que funciona no edifício Riacho Mall, no Riacho Fundo I, foi renovado pelo governo de Rollemberg no ano passado. riacho mall

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

No meio do turbilhão de informações desencontradas, o administrador regional do Riacho Fundo I e amigo pessoal do governador, Heitor Kanegae (PSB),  tenta segurar o Na Hora  porque considera ser importante a presença da unidade, que ajuda na economia e no desenvolvimento da cidade.

 Segundo reportagem do portal G1/DF de 12/08/16 , o governo do Distritro Federal anunciou em agosto,  que o Na Hora do Riacho Fundo I será o único local para solicitação de passaporte a partir de 3 de outubro. Com isso, a unidade da Rodoviária do Plano Piloto deixa de atender quem quer pedir o documento. O posto do Riacho Fundo fica a 20 quilômetros de distância da Rodoviária, na área central de Brasilia.

Segundo o diretor de qualidade do Na Hora, Eduardo Calheiros, a mudança partiu da Polícia Federal. “Eles alegaram que precisavam concentrar os serviços em somente uma unidade. [Os policiais federais] Têm o Riacho Fundo como uma agência modelo, pela satisfação e velocidade do atendimento”, afirmou.

“Pelo estudo que eles fizeram, o Riacho Fundo comporta toda a estrutura da Rodoviária. A questão de dificultar por ser mais central, nós discutimos também. Levamos em consideração que a pessoa que vai mexer com passaporte vai fazer isso uma vez a cada dez anos”, declarou Calheiros. “Havia muita insatisfação na rodoviária pela falta de estacionamento.” De acordo com a Polícia Federal, a mudança vai melhorar a qualidade do serviço porque a estrutura da rodoviária é “limitada” e do Riacho Fundo é “superior”

O Blog apurou que uma coisa é certa nessa história: O Na Hora é o melhor serviço do governo (apesar dos servidores estarem há mais de  7 anos sem aumento de salário)  e precisa ser ampliado rapidamente com o apoio de Rollemberg  para chegar à outras importantes cidades, como por exemplo, Brazlândia, Asa Sul e  Samambaia. A SEJUS agradeceria muito e a população também.

As atuais unidades do Na Hora funcionam nas seguintes cidades: Gama, Ceilândia, Riacho Fundo I, Rodoviária, Sobradinho e Taguatinga. Apenas no Riacho Fundo I funciona o serviço de emissão e renovação de passaportes.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

 

Informações e contato: Telefone 156 e E-mail: subsecre[email protected]

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *