Blitze do Detran flagram 84 motoristas dirigindo embriagados no DF

Ações foram entre sexta e domingo; três condutores acabaram presos.
Agentes do Detran apreenderam 257 veículos durante fiscalização.

 Do G1 DF

O Detran flagrou 84 motoristas dirigindo após ingerir bebida alcoólica em blitze entre sexta-feira (9) e a noite deste domingo (11) no Distrito Federal. Desse total, três condutores foram detidos por apresentar índice de álcool no bafômetro passou do limite mínimo que é considerado crime – 0,33 miligramas de álcool por litro de ar expelido.

Os agentes autuaram 25 condutores porque dirigiam sem carteira de motorista e 11 porque o documento estava vencido havia mais de um mês. Ao todo, 257 veículos foram apreendidos.

Multa por embriaguez
A multa por dirigir embriagado é de R$ 1.915, e a infração ainda tem como pena a perda de sete pontos na carteira de habilitação.

O motorista também deixa de poder dirigir por um ano, mas a proibição só passa a valer quando não couber mais recurso.

Motoristas presos por embriaguez deixam a prisão após pagar fiança, que é arbitrada pelo delegado com base no Código de Processo Penal. O valor pode ir de um a cem salários mínimos (até R$ 88 mil).

Dependendo da situação econômica do preso, pode ser aumentado em até mil vezes. Para estabelecer o montante, são levados em conta critérios como natureza da infração e antecedentes do envolvido.

Quase metade (49%) dos 844 motoristas do Distrito Federal presos em flagrante entre janeiro e maio deste ano por dirigirem alcoolizados eram reincidentes, de acordo com dados da Polícia Civil levantados a pedido do G1.

Nesse período, 130 condutores que causaram acidentes fatais foram indiciados por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) e um por dolo eventual (por aceitar o risco de dirigir sob efeito da bebida).

Panorama sobre as estatísticas envolvendo acidentes de trânsito no DF (Foto: Fausto Carneiro/G1)
Send this to a friend