Siga o Jornal de Brasília

Grande Brasília

Mutirão na Vila Cauhy vai comemorar Dia Nacional do Voluntariado

Publicado

em

Evento no sábado (27) é a segunda parte de uma atividade iniciada em 6 de agosto e é uma das ações do governo de Brasília para promover a participação social como ferramenta de gestão pública

Guilherme Pera, da Agência Brasília

Em alusão ao Dia Nacional do Voluntariado (28 de agosto), o governo de Brasília programou um mutirão na Vila Cauhy, no Núcleo Bandeirante, para comemorar a data no sábado (27). Essa é mais uma das ações na agenda de 2016 do Brasília Cidadã, programa que visa fomentar e estimular o serviço voluntário no Distrito Federal.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O mutirão do fim de semana é a segunda parte de uma atividade iniciada em 6 de agosto na vila. Nessa data, a limpeza do córrego que passa pela área e abastece 20% da água do Lago Paranoá foi intensificada pela participação popular. A ideia é que a própria comunidade faça trabalhos contínuos no local. Coordenado pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab), o mutirão faz convergirem o Brasília Cidadã e o programa Na Medida, um dos eixos do Habita Brasília. Interessados na iniciativa podem se inscrever pelo site da Codhab.

Leia também:  Brasília é a terceira cidade na preferência dos brasileiros

Participação popular como ferramenta de gestão pública

Idealizadora do Portal do Voluntariado, plataforma que conecta voluntários de todo o DF, a colaboradora do governo de Brasília Márcia Rollemberg analisa a importância do trabalho voluntário como ferramenta de auxílio ao poder público. “Não temos uma cultura forte de voluntariado no Brasil. É uma política construída gradativamente com as pessoas para estabelecer a participação social como princípio de gestão pública”, explica. “O voluntariado é uma das formas dessa participação, mas sempre foi algo muito fragmentado.  O portal veio para conectar quem faz esse tipo de atividade.”

As ações de fomento do trabalho voluntário neste ano se estendem até dezembro. Haverá o encontro de redes em 29 de outubro, o lançamento do Facebook Brasília Cidadã e o Fórum de Redes Interativas em 5 de novembro, o lançamento da plataforma Brasília Cidadã em 5 de dezembro e o Fórum Distrital Brasília Cidadã em 5 e 6 de dezembro. “A participação popular é uma das marcas deste governo desde a época da campanha, com a promoção de rodas de conversa”, diz Márcia.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼
Leia também:  Debate sobre o futuro do Distrito Federal começa neste sábado (2)

O perfil dos voluntários do governo de Brasília

As mulheres são maioria no trabalho voluntário no DF. Elas representam 69,95% das 3.012 pessoas que prestaram serviços ao governo de Brasília neste ano até a semana passada, de acordo com dados da Casa Civil. Nos últimos oito dias, mais de 100 pessoas se cadastraram no Portal do Voluntariado: já são 3.131 registros, que vão desde adolescentes com menos de 16 anos e idosos com mais de 70. A maior parte tem de 20 a 24 anos (805 voluntários) e de 30 a 40 (748).

As áreas que mais atraíram voluntários desde a criação do portal foram: educação, recreação, cultura, saúde e assistência social. Entre os idiomas falados por essas pessoas estão inglês, espanhol, francês, italiano, alemão, chinês, árabe e russo. Os estudantes universitários são dos cursos de administração, pedagogia, direito, enfermagem, letras, psicologia, serviço social, jornalismo, educação física e turismo. A maior parte (61,09%) não tinha experiência com voluntariado.

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *