Minotouro vai anunciar aposentadoria em próximo UFC Brasil

A informação foi confirmada por Rodrigo Minotauro, irmão do lutador e embaixador do Ultimate no País

Depois de confirmar que está fora do card do UFC São Paulo, marcado para o dia 16 de novembro, Rogério Minotouro, uma das lendas brasileiras que ainda está em atividade no MMA, vai anunciar a aposentadoria no próximo evento da organização no Brasil, em 2020. 

Aos 43 anos, Minotouro estava escalado para enfrentar Trevor Smith no card principal do evento, mas sentiu uma lesão nas costas. O combate marcaria a quinta participação consecutiva do lutador no Brasil. Agora, ele tem apenas mais uma luta em seu contrato com o UFC e a decisão de anunciar a aposentadoria é um desejo de “se despedir em grande estilo” ao lado da torcida brasileira.

 
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Minotauro conta que o irmão rompeu o músculo da virilha antes de maio, quando foi nocauteado por Ryan Spann no UFC 237, no Rio de Janeiro. “Ele forçou para lutar, não lutou fisicamente bem. Agora o Rogério está anunciando que deve ser a última luta da sua carreira. No seminário (na China) ele vinha sentindo a lesão e não conseguia treinar bem, por isso a saída do card em São Paulo”, explicou o embaixador do UFC, destacando as recentes lesões que afastaram o atleta do octógono.

O ex-campeão peso pesado ainda revela que Minotouro vai se aposentar nos primeiros meses de 2020. “A ideia é lutar em fevereiro ou março. Ele vai entrar no primeiro card do UFC no Brasil e anunciar a aposentaria encerrando a carreira com vitória”, projetou.

Até o momento, Minotouro tem cartel de 23 vitórias e nove derrotas. Em 2013, quando enfrentaria Maurício Shogun, e em 2014, com duelo marcado para encarar Alexander Gustafsson, ele também abandou o evento por apresentar a mesma lesão.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

5 × dois =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend