Mbappé revela ter pedido a Neymar que fique no PSG

O brasileiro só poderá estrear na terceira rodada após cumprir as duas partidas restantes da punição por ter agredido um torcedor na final da Copa da França

Suspenso por ter agredido um torcedor na final da Copa da França, em maio, contra o Rennes, Neymar não entrará em campo neste sábado, pela primeira partida oficial da temporada 2019/20 contra o próprio Rennes, na cidade de Shenzen, na China, pela decisão da Supercopa da França.

Companheiro de ataque do brasileiro, Mbappé revelou que conversou com Neymar durante a pré-temporada e disse que não quer que ele deixe o PSG. As especulações dão conta de sua volta ao Barcelona.

“Eu estava esperando essa pergunta. Ele é como sempre. Ele tem uma situação que todo mundo conhece, não havia coisas particulares. Ele treinou e demonstrou sua qualidade. Claro que eu quero que ele fique. Falei com ele, ele sabe o que penso dele e da situação. Tudo está bem entre nós. Nós temos um relacionamento baseado na honestidade e respeito. Ele sabe que eu o respeito e o admiro”, afirmou Mbappé.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Como esperado, Thomas Tuchel também foi perguntado pelos jornalistas sobre a situação de Neymar. Mas não quis falar muito sobre uma possível saída do brasileiro, preferindo destacar o seu desempenho nos treinamentos na China. “Eu achei top, top, top! Você viu o treinamento? Então você sabe. Ele foi muito bem, bom estado de espírito, qualidade. Ele ama futebol. Infelizmente, está suspenso, mas está conosco”, disse o treinador.

Depois da partida contra o Rennes, a delegação do Paris Saint-Germain voltará para casa. A estreia no Campeonato Francês ocorrerá no próximo dia 11 diante do Nimes, no estádio Parque dos Príncipes, em Paris. Neymar só poderá estrear na terceira rodada após cumprir as duas partidas restantes da punição por ter agredido um torcedor na final da Copa da França.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

cinco + cinco =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE