Siga o Jornal de Brasília

Esporte

No Santos, após vitória, Sampaoli explica o salário devolvido

Publicado

em

Os gols alvinegros foram marcados por Carlos Sánchez, em cobrança de falta, e por Diego Pituca, após erro na saída de bola do adversário

O Santos Futebol Clube recebeu no Paulo Machado de Carvalho a equipe do Red Bull Brasil, na noite deste sábado (23), em partida válida pela primeira perna das quartas de final do Campeonato Paulista, e venceu pelo placar de 2 a 0.

A partida de volta será em Campinas, nesta próxima terça-feira (26), e o Peixe terá a vantagem de poder perder até por um gol de diferença para garantir a classificação para as semifinais do estadual.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

O jogo – A promessa de uma partida movimentada foi confirmada logo nos minutos iniciais, com Carlos Sánchez criando lance de perigo aos 2 minutos e, aos 5, Diego Pituca tendo gol anulado pelo VAR, após receber boa bola de Rodrygo pela esquerda. Mesmo com o gol anulado, os comandados de Jorge Sampaoli seguiram pressionando o time do interior, e a recompensa não demorou a vir: aos 10 minutos, em bela cobrança de falta pela esquerda, o uruguaio Carlos Sánchez abriu o marcador.

Pelo fato de as duas equipes possuírem características ofensivas e não limitarem seus estilos de jogo a meramente assistir o adversário jogar, a continuação da etapa inicial foi de boas oportunidades para as duas partes. O Red Bull teve com Ytalo a sua melhor chance: aos 28 minutos, ele recebeu de Rafael Carioca e chutou forte, mas Vanderlei fez boa defesa. Pouco tempo depois o Peixe respondeu com Rodrygo, que, após jogada individual, chutou bonito, para defesa de Julio Cesar. Sánchez tentou a sobra, mas a zaga do Red Bull chegou a tempo para fazer a interceptação.

A segunda etapa começou com duas chances do Red Bull, ambas com finalizações para fora – Rafael Carioca e Osman tiveram as oportunidades. O Santos FC rapidamente equilibrou as ações e conteve mais a equipe do interior, que passou a errar mais passes no meio de campo. Um deles foi suficiente para o Santos FC fechar o marcador: em após passe errado no ato da armação da jogada, Sánchez aproveitou e cruzou para a área. A bola desviou e sobrou para Copete, que serviu Diego Pituca. O meia, que teve gol anulado na primeira etapa, bateu com calma, no canto, para ampliar o marcador e selar a vantagem alvinegra.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Salários

O técnico Jorge Sampaoli comemorou a vitória e a vantagem obtida. O argentino confirmou que os salários ainda não foram quitados com todo o elenco e falou mais uma vez sobre sua decisão de devolver sua parte até que todos recebam.

Somos parte de uma família, de uma equipe de trabalho. Comissão técnica, jogadores, todos… Não vejo lógica em receber o salário enquanto os outros não recebem. Eu faria o mesmo se o cozinheiro não estivesse recebendo. Não é justo. Tem que ser igual para todos. Se o clube tem algum problema, eu entendo. Mas o que não entendo é um receber e outro não. Espero que até semana que vem todos recebam – disse Sampaoli.

 

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *