Jonatan Álvez marca, Lomba vira herói e Inter vence o Caxias na semi do Gaúcho

Apesar da estrela do atacante, que saiu do banco de reservas para marcar, o herói do jogo foi o goleiro Marcelo Lomba com pelo menos quatro grandes defesas

O Internacional deu um passo importantíssimo para voltar a disputar a final do Campeonato Gaúcho. Com gol de Jonatan Álvez aos 37 minutos do segundo tempo, o time dirigido por Odair Hellmann venceu o Caxias por 2 a 1 no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, e encaminhou a classificação na semifinal. 

Com a vitória fora de casa, o Internacional pode empatar ou até mesmo perder por 1 a 0 contra o Caxias no jogo da volta, marcado para o próximo sábado, às 16h30, no Beira-Rio. Isso porque o regulamento prevê o gol fora de casa como critério de desempate. O time da serra gaúcha, por outro lado, precisa marcar pelo menos dois gols para continuar sonhando.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Pressionado pela derrota recente, o Inter começou o jogo sufocando o adversário. Com apenas cinco minutos, o time conseguiu recuperar a posse no campo de ataque e já soltou com Camilo, que recebeu na meia lua, cortou a marcação, levou para a perna esquerda e bateu cruzado, para uma grande defesa do goleiro Luis Cetin.

A resposta do Caxias veio aos 11 minutos, em oportunidade clara de abrir o placar. A marcação do Inter cochilou e deixou Bruno Alves livre pela esquerda. Ele recebeu na frente, entrou na grande área e ficou cara a cara com Marcelo Lomba, mas bateu em cima do goleiro. Na sequência, os 20, Tréllez recebeu dentro da grande área, girou e bateu firme, mas saiu pela linha de fundo.

De tanto pressionar, o Inter conseguiu abrir o placar aos 31 minutos. O time vinha trocando passes em torno da grande área, girando pra lá e pra cá, até a bola cair nos pés de Patrick. Pela esquerda, o volante cruzou na cabeça de Camilo, que testou firme para o fundo das redes. No lance seguinte, com 33, foi a vez de Foguinho pegar um rebote da marcação, bater cruzado e deixar o placar tudo igual para o Caxias.

No segundo tempo, o time da casa voltou novamente aceso. Com 5 minutos, Foguinho lançou nas costas da marcação. Eliomar recebeu em velocidade, carregou demais e a bola ficou nas mãos de Marcelo Lomba, que saiu do gol rapidamente. A resposta do Inter veio com Guilherme Parede, que limpou a marcação e chutou forte, aos 16 minutos, mas o goleiro Luis Cetin espalmou.

Bruno Alves, que já tinha desperdiçado um lance incrível no primeiro tempo, perdeu outro gol aos 24 minutos da etapa final. O atacante recebeu em velocidade e não conseguiu finalizar frente a frente com Marcelo Lomba. No finalzinho, com 37 minutos, o Inter finalmente conseguiu reagir. Jonatan Álvez pegou na esquerda, tomou a frente e bateu mascado. A bola encobriu o goleiro Luis Cetin e morreu no fundo das redes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


 

Na quarta-feira, às 19h15, o Inter pega o River Plate no Beira-Rio, pela terceira rodada do Grupo A da Copa Libertadores.

Tags

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

15 + 3 =

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend