Carille fala sobre mudança de postura no Clássico Alvinegro: “Funcionou muito bem”

Em entrevista coletiva, após o clássico, técnico corinthiano revelou as armas para não tomar gol na Arena

Após o empate com o Santos em 0 a 0, pela décima rodada do Campeonato Paulista, Fábio Carille concedeu entrevista coletiva na sala de imprensa da Arena Corinthians. O treinador do Timão ressaltou a importância do esquema que segurou o adversário.

“Nós acompanhamos alguns jogos que eles fizeram, todo time que marcou em cima, eles tiveram dificuldade. Foi isso que a gente trabalhou de diferente. Com a bola procuramos trocar bastante passe e envolver, é uma equipe que gosta de pressionar. É perigoso porque eles podem roubar a bola no seu campo, mas você pode estourar em cima da linha defensiva. Esta foi a proposta e funcionou muito bem”, explicou o treinador alvinegro.

O Corinthians teve 12 finalizações durante a partida, mas parou em algumas defesas importantes de Vanderlei.

“O que mais agradou foi a questão de agredir o adversário com bola, tabelas e infiltrações. A gente está com três volantes, mas primeiro volante só o Ralf. Muito se fala da dupla de zaga, mas as bolas paradas não foram todas no setor deles. Não só Manoel e Henrique estão crescendo, Marllon e Pedro também estão”, disse.
Próximo jogo

Na quarta-feira (13), o Corinthians volta a campo, mas desta vez pela Copa do Brasil. Na terceira fase do torneio, o Timão enfrenta o Ceará, às 21h30, na Arena Castelão.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

dezesseis − 5 =

Send this to a friend