Renovação de Aguirre é cada vez mais incerta após clássico

A atuação do São Paulo no empate com o Corinthians, em Itaquera, no último sábado, irritou a diretoria. A postura e o desempenho do time desapontaram os dirigentes e colocam ainda mais dúvida na renovação de contrato do técnico Diego Aguirre – o vínculo termina no fim de 2018.

O Tricolor teve um jogador a mais durante todo o segundo tempo (Araos foi expulso) e apenas empatou, mesmo com erros de arbitragem a favor do São Paulo em lances capitais. O gol de Danilo não foi validado, apesar de a bola ter entrado, e um pênalti não foi marcado a favor do Corinthians, segundo o comentarista de arbitragem da TV Globo, Leonardo Gaciba.

Diante do futebol apresentado nas últimas partidas, a permanência de Diego Aguirre para 2019 é cada vez mais incerta. Depois do clássico, o executivo Raí fez duras críticas ao São Paulo e admitiu a chance de perder uma vaga no G-4.

A gente tem de admitir que o time foi muito mal. Temos de ver o que fazer rapidamente para melhorar. Temos cinco jogos importantíssimos para terminar bem o campeonato. Tudo depende do São Paulo. Tem que rever. Se jogar como hoje, com certeza vai ser difícil ficar entre os quatro. Então, temos que reverter essa situação o máximo possível, principalmente na atitude e na atuação – afirmou o dirigente.

Questionado sobre o futuro de Aguirre, Raí evitou cravar qualquer decisão e disse que o trabalho está sendo avaliado.

A gente não vai avaliar o Aguirre por um jogo ou alguns jogos apenas. Vai ser por toda a temporada, desde que ele chegou até o final da temporada. A gente vai fazer isso com calma e não vamos falar de treinador por causa de um jogo ou alguns jogos que foi mal. É uma coisa que a gente consegue ir conversando com a comissão técnica e não vai avaliar por um período apenas.

Aguirre recebe criticas internamente e de parte da torcida. A favor da permanência do treinador pesam a continuidade do trabalho, a possibilidade de ajustar o elenco desde o início do ano com a sua cara e o crescimento do São Paulo ao longo do Brasileirão, já que não era esperado antes do campeonato que a equipe brigaria pelo título.

Contra o técnico pesa o futebol ruim nos últimos jogos e a péssima campanha do segundo turno. A classificação final do time no Brasileirão certamente influenciará no futuro de Aguirre.

Para não perder a vaga no G4, o São Paulo terá de torcer por um tropeço do Grêmio neste domingo, contra o Vasco, em Porto Alegre. Depois, o adversário é o próprio tricolor gaúcho, rival direto na briga por um lugar na fase de grupos da Libertadores.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

2 × 2 =

Send this to a friend