Siga o Jornal de Brasília

Esporte

Seleções do Brasil e da Argentina jogam hoje na Arábia Saudita

Publicado

em

Seleções do Brasil. Foto: Lucas Figueiredo - CBF

As seleções de futebol do Brasil e da Argentina se enfrentam hoje (16), às 15h, em jogo amistoso no Estádio King Abdullah, em Jidá, na Arábia Saudita

A ausência de Messi, no entanto, não diminuirá a importância do jogo, já que o time argentino terá em campo as presenças de craques como os atacantes Dybala e Di Maria. Assim, os sauditas poderão apreciar o melhor do principal clássico do futebol sul-americano.

Para o camisa 10 do Brasil, o craque Neymar, mesmo sendo um jogo amistoso, Brasil e Argentina sempre fazem grandes jogos em função da forte rivalidade em campo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“O que você espera é que seja um jogão. Da nossa parte, a gente vai entrar para vencer. A gente gosta de vencer. Mas, quando se fala de Brasil e Argentina, é um clássico, eles vão querer vencer também. A gente quer fazer nosso papel e está trabalhando”, disse.

A ausência de Messi, na partida desta terça-feira, foi lamentada pelo atacante brasileiro. “Para quem é amante de futebol, ter Messi fora de um jogo como esse é ruim, mas para nós, é bom”.

Apesar da ausência do craque do Barcelona, Neymar ressaltou que a Argentina dispõe de excelentes jogadores o que torna a partida entre as duas equipes cheia de expectativa de um bom jogo.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

“Sempre ressaltamos a qualidade da Argentina, dos jogadores que existem na Seleção Argentina. Hoje, a Argentina está com Dybala, que é um jogador que gosto muito. É um jogo muito difícil, mas temos de fazer nosso papel”, disse Neymar.

Palco imponente

Estádio King Abdullah, em Jidá, receberá 65 mil torcedores nesta terça-feira (16) e chama atenção pela beleza e imponência

Estádio King Abdullah. Foto: Bruno Mesquita/CBF

Estádio King Abdullah. Foto: Bruno Mesquita/CBF

Do lado de fora ele já chamava atenção, mas dentro é ainda mais impressionante. Nesta segunda-feira (15), os jogadores conheceram o Estádio King Abdullah, em Jidá, palco que receberá o amistoso contra a Argentina, marcado para terça-feira (16).

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Em exatamente uma hora, marcada precisamente no relógio, os jogadores puderam treinar na arena, se adaptar ao gramado e também conhecer as estruturas de vestiário e departamento médico.

No clássico desta terça-feira, a expectativa da organização é de receber 65 mil torcedores, capacidade máxima do Estádio King Abdullah. O Al-Ahli o e Al-Ittihad são os clubes que costumam atuar no palco.

Um dia antes de enfrentar a Argentina, o técnico Tite comandou um trabalho tático de 10 contra 10 em campo reduzido. Na sequência, bolas paradas ofensivas e defensivas, com direito a cobranças de pênaltis. Vale lembrar que o duelo de terça-feira vale troféu, e em caso de empate será decidido nas grandes penalidades.

▼ CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE ▼

Com informações da Agência Brasil e da CBF

Continue lendo
Publicidade
Clique para comentar

Você precisa estar logado para postar um comentário Login

Deixe uma resposta