Tite cita Mourinho, explica jogo com El Salvador e comemora ‘retomada de uma equipe alegre’

Depois de a seleção brasileira vencer El Salvador facilmente por 5 a 0 em Washington, nos Estados Unidos, nesta quarta-feira, Tite foi questionado sobre o motivo de enfrentar um adversário de qualidade tão inferior.

“A gente não tem a oportunidade de escolher europeus, isso é uma informação. As outras estamos procurando, vamos pegar Argentina… Já passei a idade de desconstruir críticas. Os Estados Unidos empataram com a França antes da Copa do Mundo. São dois estágios nisso. De uma equipe com bola, o que ela busca, e no nível do adversário, mas aí tu faz o seu papel, pressiona o adversário… Esse estágio com a posse de bola é fundamental”, declarou o treinador.

“Mourinho certa vez falou: ‘Dura é a eliminatória sul-americana’. Na eliminatória europeia, pega várias seleções de nível inferior. Está aí para as pessoas avaliarem. Olhem o desempenho e tirem suas conclusões dentro da disponibilidade’.’

Tite ainda destacou a seriedade e o rendimento da seleção.

”Muita gente relativiza, mas a equipe manteve o desempenho em 90 minutos. Deve ter tido mais de 70% de posse de bola, mas não adianta ter sem finalizar. O melhor jogador deles foi o goleiro, fez grandes defesas. Temos a responsabilidade de jogar bem contra qualquer seleção, imprimir uma ideia, e ela conseguiu mesmo diante de um adversário inferior. Teve um patamar de finalizações com posse de bola que traduziu o bom desempenho”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O técnico ainda respondeu sobre o que mais ficou contente com os seus comandados.

“A ideia de futebol permanece inalterada, independe de adversário. Manter posse de bola, infiltração, finalização, é a nossa característica, a utilização de atletas que eles permitam variações de observações até por pouco tempo acabam sendo importantes. O que mais fiquei feliz foi a retomada de uma equipe alegre e agressiva para jogar, que toma a iniciativa independentemente do nível técnico do adversário. Ficamos constantemente em pressão alta.”

Antes de encarar El Salvador, a seleção brasileira superou os Estados Unidos por 2 a 0 na sexta-feira. Agora, a equipe verde e amarela só voltará a campo contra a Arábia Saudita em 12 de outubro. Quatro dias depois, o duelo será com a Argentina.

BDF na Rede

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Send this to a friend