Corinthians aposta na experiência de Ralf para ‘renascer’ no Brasileirão

A decisão de manter na equipe o veterano Ralf, de 34 anos, representa a confiança na experiência e no currículo do volante em momento delicado para o treinador na temporada após duas derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro.

O técnico Osmar Loss foi se inspirar no passado para formar o time titular do Corinthians para o jogo desta quarta-feira, contra o Fluminense, no Maracanã.

Ralf retornou ao clube neste ano para ser um reserva de luxo. Porém, aos poucos, ele tem provado que ainda pode ser útil. A expectativa era o volante perder a vaga para o retorno de Douglas, recuperado de lesão, mas quem acabou saindo foi o até então titular absoluto, Gabriel. É a prova de que o jogador multicampeão ainda tem respaldo.

Campeão do Mundial de Clube e da Copa Libertadores pelo Corinthians em 2012, Ralf representa a segurança em meio à pressão. A experiência de quem vivenciou no time o vexame da surra para o Tolima, na Libertadores de 2011, à glória dos títulos, é o que Loss precisa para conter as críticas.

Adicionar Comentário

Clique aqui para adicionar um comentário

3 − 2 =

Send this to a friend